NOTÍCIAS

Alunos da ASTEPI visitam  o TJPE

IMG-20170526-WA0018 IMG-20170526-WA0019 IMG-20170526-WA0020 Alunos de Prática Jurídica Cível realizam visita ao TJPE nesta sexta-feira (26/05/17) sob a Coordenação do Professor e Coordenador do Núcleo de Prática Jurídica da Católica (ASTEPI) Profº Fernando Lapa.


Nesta sexta-feira (26/05/17), haverá júri simulado no auditório da ASTEPI, sob a Coordenação do Profº Alexandre Nunes.

cb0b0_News juri

 


 

V Semana de Direito do Trabalho da UNICAP 2017


 

astepi voluntarios


ASTEPI sedia a II Oficina de Mediação e Arbitragem

Nesta sexta-feira 12/05/17 ocorreu a II Oficina de Mediação e Arbitragem na ASTEPI.

O evento teve a participação dos acadêmicos da Unicap, Unipê, UFPE e UPE, com a organização do Grupo Marco Maciel de Arbitragem.

O objetivo da Oficina é demonstrar a prática da sessão de mediação e o procedimento de arbitragem, relata Alberto Maia, orientando do Mestrado do Professor Sérgio Torres e um dos fundadores do Grupo Marco Maciel de Arbitragem.

 

20170512_185158 20170512_185207 20170512_185212


COORDENADOR DA ASTEPI REÚNE-SE COM PRESIDENTE DO TRE

LAPA E TRE

O coordenador do Núcleo de Prática Jurídica (Astepi) da Universidade Católica de Pernambuco, professor Fernando Lapa, foi recebido na manhã da última quarta-feira (19) pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), desembargador Antônio Carlos Alves da Silva. Estavam presentes também o corregedor regional eleitoral, desembargador Henrique Dias, a diretora-geral do TRE, Isabela Landim, o diretor da Escola  Judiciária Eleitoral, Delmiro Campos e o assessor de Segurança, coronel Sebastião Gondim.

O encontro teve como proposta  o engajamento da Católica no programa “Eleitor do Futuro”, que tem como objetivo principal promover o exercício da cidadania entre crianças e jovens a partir de seu envolvimento responsável com as questões éticas, políticas, sociais e jurídicas do exercício do voto. Serão realizadas palestras na Católica em datas a serem definidas, nas quais os alunos poderão dialogar e tirar dúvidas sobre o processo e a legislação eleitoral.

Para o presidente do TRE-PE, fazer um trabalho de conscientização para estimular o jovem eleitor é semear a esperança. “Eu me sinto muito realizado como ser humano por compartilhar minha história de vida com todos esses jovens, pois mesmo com dificuldades nunca abandonei a luta e mantive a vontade de vencer e melhorar o meu país”, declarou o presidente.

Na opinião do professor Fernando Lapa, um dos objetivos do engajamento da Católica no programa é despertar o interesse dos alunos do curso de Direito pelo campo profissional do direito eleitoral, ainda pouco explorado. “Queremos mostrar mais essa opção de atividade profissional para os bacharéis em Direito”, ressaltou.


NESTA QUINTA-FEIRA (30/03/2017), A ASTEPI COMEMOROU 43 ANOS DE FUNDAÇÃO.

 

IMG-20170330-WA0006 IMG-20170330-WA0007


Núcleo de Prática Jurídica da Unicap (ASTEPI) presta serviço gratuito de orientação jurídica à comunidade.


NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA (ASTEPI) DA CATÓLICA INTEGRA PROJETO PATERNIDADE ALÉM DAS GRADES

Em reunião no dia 30 de janeiro, em sua sede, o Núcleo de Prática Jurídica do curso de Direito da Universidade Católica de Pernambuco  passou a integrar, junto com entidades públicas e organizações não-governamentais, o Projeto “Paternidade Além das Grades”. O objetivo é levar um mutirão de reconhecimento paterno dentro do sistema carcerário brasileiro, estreitando os laços afetivos dos encarcerados com suas famílias. Esse projeto, que é uma iniciativa da Associação Pernambucana de Mães Solteiras, vem alcançando, desde 2011, grandes resultados no que diz respeito ao reconhecimento de paternidade. Uma das conquistas, por meio desse trabalho, foi o DNA gratuito para os encarcerados.

A Campanha 2017 do projeto terá polos nas Unidades Prisionais do Complexo do Curado, Bom Pastor, Cotela, Presídio de Igarassu, Funase e sede da Prefeitura do Recife.

 

PROJETO

Lançamento do livro

” A negociação coletiva de trabalho supranacional no âmbito do Mercosul – Uma análise crítico-prospectiva”

Autor: Prof. José Soares Filho

Data e hora: 05/11/15 às 09h

Local: Auditório da ASTEPI

CATÓLICA SEDIARÁ TORNEIO INTERNACIONAL DE MEDIAÇÃO

O Núcleo de Prática Jurídica da Católica (Astepi) irá sediar, entre os próximos dias 1 e 4 de setembro de 2015, o I Torneio Internacional de Mediação. O evento é organizado pela Escola Superior da Magistratura do Trabalho da 6ª Região (Esmatra 6) sob a supervisão da The Internacional Academy of Dispute Resolution (INADR) e com o apoio institucional dos cursos de graduação e de mestrado em Direito da Unicap. Podem participar da competição, equipes de qualquer faculdade de Direito do Brasil e do exterior. A inscrições devem ser feitas até o próximo dia 31 de agosto pelo e-mail esmatra@terra.com.br. Não há limite quanto ao número de equipes de uma mesma instituição. As equipes podem ser formadas por alunos da graduação, especialização, mestrado em Direito ou egressos com menos de doze meses de formados, desde que eles não tenham atuado profissionalmente como advogados. A competição será realizada na sede da Astepi, localizada na Rua Afonso Pena, Nº 249, no bairro de Santo Amaro, no Recife. Pela manhã, das 8h às 12h e à tarde, das 13h às 17h.  Vale ressaltar que toda a disputa será desenvolvida em inglês. O torneio será organizado em duas etapas, sendo uma fase de treinamento (1º e 2 de setembro) e a outra de competição (3 e 4 de setembro). O treinamento será dedicado à preparação das equipes e dos julgadores, envolvendo aulas teóricas e práticas sobre mediação sob a condução do diretor do torneio, o professor da Drake University (Iowa-EUA), Dick Calkins. A cada rodada, haverá uma equipe representando o autor (com um advogado e um cliente), outra equipe representando o réu ( com um advogado e um cliente), e dois mediadores de outras equipes que não participam da disputa. Eles vão mediar um caso fictício a ser apresentado pela organização do torneio. Cada disputa terá 90 minutos de duração. A Esmatra fornecerá certificados de participação para cada competidor  e cada julgador. Os vencedores ganharão bolsas integrais em cursos de pós-graduação e/ou preparação promovidos pela Esmatra. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 3426-0110 ou 3241-8705.   SEMANA NACIONAL DE CONCILIAÇÃO NA CÂMARA DA UNICAP Será realizado na semana de 24 a 27 de novembro de 2014, das 8 às 12 horas, o Mutirão da Semana Nacional de Conciliação. Este ano serão atendidos 54 processos entre os clientes da Vivo através da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem da UNICAP.

Ciclo de Nacional de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil-Canadá

06 DE OUTUBRO DE 2014

HORÁRIO: 18h30-22h00
LOCAL : Faculdade de Direito de Recife (U.F.PE)
Auditório Tobias Barreto
Praça Adolfo Cisne, s/n, Boa Vista – Recife – PE
Programa:

18h30 – Abertura

Dra. Silvia Salatino – A importância da institucionalização da arbitragem
19h00 – A arbitragem e Estado

Dr. Leonardo Carneiro da Cunha – As controvérsias que envolvem o poder público
Dr. João Luiz Lessa Neto – A participação do juiz estatal.

Moderador: Dr. Clávio Valença Filho

20h00 – O árbitro e os desafios da Convenção de Viena sobre os Contratos de Compra e Venda Internacional de Mercadorias – CISG

Dr. Napoleão Casado Filho: A convenção como conteúdo da lex mercatoria.
Dra. Isabela Lacreta: A convenção como instrumento em favor da paridade de armas.

Moderador: Prof. Cláudio Finkelstein

21h00 – Modernas tendências em direito comparado

Prof. Giovanni Bonato: A perspectiva italiana e a francesa
Dr. Maurício Gomm Santos: A perspectiva norte americana

Moderadora: Soraya Nunes

CBAr realiza em setembro o XIII Congresso Internacional de Arbitragem

13congresso-arbitragem

O XIII Congresso Internacional de Arbitragem do CBAr será realizado no Porto de Galinhas, em Pernambuco, no Summerville Beach Resort, de 21 a 23 de setembro de 2014.

Nosso objetivo é manter o já reconhecido sucesso das edições anteriores e oferecer uma oportunidade única de compartilhar experiências na prática da arbitragem.

O Congresso do CBAr em 2014 versará sobre o tema “A Arbitragem e o Tempo”. O programa inclui discussões de ponta entre os especialistas de arbitragem de todo o mundo, tais como case management, medidas cautelares e árbitros de emergência, apuração de danos e cálculo de juros e correção monetária, contratos de longa duração, arbitragem relacionada com projetos de infraestrutura, entre outros.

Como nas edições anteriores, o programa contará com alguns dos mais renomados especialistas da arbitragem nacional e internacional.

A Comissão Organizadora dá boas-vindas a todos os participantes do XIII Congresso Internacional de Arbitragem do CBAr.

Para se inscrever acesse o link: http://www.13congresso.cbar.org.br/inscricoes/capa.

UNICAP, OAB-PE E ARQUIDIOCESE DE OLINDA E RECIFE reeditam comitê de combate à corrupção eleitoral

A Universidade Católica de Pernambuco, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE) e a Arquidiocese de Olinda e Recife irão reeditar o comitê contra a corrupção eleitoral. A campanha vai consistir na atualização de uma cartilha educativa que orientará o cidadão a denunciar irregularidades durante a campanha política.

O lançamento da cartilha está previsto para às 9h do próximo dia 19 de agosto na sede do Núcleo de Prática Jurídica da Unicap (Astepi) localizada na Rua Afonso Pena, Nº 249, bairro da Boa Vista. A primeira edição da campanha foi lançada em 2010, ano em que passou a vigorar a Lei da Ficha Limpa.

A versão 2014 da ação foi acertada durante uma reunião ocorrida na última sexta-feira (25) na Reitoria da Unicap. Participaram do encontro o Reitor, Padre Pedro Rubens; o Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido;  o presidente da OAB-PE, Pedro Henrique; e o juiz da propaganda eleitoral e professor do curso de Direito da Unicap, Alexandre Freire Pimentel.

Também estiveram presentes Bruno Baptista (secretário OAB-PE), o coordenador da Astepi, professor Fernando Lapa; e o chefe de gabinete da Reitoria da Unicap, Rodrigo Pellegrino.

CONIMA REALIZA ENCONTRO NACIONAL SOBRE CONVIVÊNCIA E ANTAGONISMO COM APOIO DA UNICAP

dest_vi_enc_conima3101141910-840x270

O Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem (Conima) realiza nos dias 29 e 30 de maio, no Mar Hotel, o IV Encontro Nacional de Arbitragem e Mediação. O tema da edição é a Convivência e Antagonismo. Além de abordar as principais questões sobre o tema, o encontro vai tratar de vários assuntos como Arbitragem tributária, arbitragem nos negócios desportivos e a neurociência na solução de conflitos.

Mesas de debates e palestras contarão com renomados profissionais da área. O objetivo do evento é discutir a realidade atual com seus problemas, êxitos e desafios da Arbitragem e da Mediação. O encontro, que tem o apoio da Universidade Católica de Pernambuco, é voltado para a sociedade em geral, em especial para os árbitros, advogados, mediadores, administradores de empresas, empresários, executivos, profissionais liberais, comunidade acadêmica, importadores e exportadores e de micro e grandes empresas, instituições de arbitragem e mediação, órgãos e entidades públicas, gestores públicos e integrantes do terceiro setor.

As inscrições custam R$620,00 para filiados, R$780,00 para não filiados, R$700,00 para integrantes da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e R$200,00 para estudantes de graduação. Entre os palestrantes confirmados destacam-se Adolfo Braga Neto, André Gomma, Luiz Kignel e Soraya Nunes.

ALUNOS DO CURSO DE DIREITO FAZEM VISITA AO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO

Os alunos do sétimo período do curso de Direito da Universidade Católica de Pernambuco realizaram uma visita ao Tribunal de Justiça de Pernambuco, na tarde desta quarta-feira (30). A visita foi organizada pelo coordenador da Astepi (Assessoria de Treinamento, Estágio, Pesquisa e Integração) e professor do curso de Direito, Fernando Lapa.

Trinta estudantes foram conhecer alguns setores e salas do Tribunal, como o Salão Nobre do Palácio da Justiça e o gabinete do desembargador Stênio Neiva Coêlho. O primeiro assessor do desembargador, Jair Lima, falou sobre a trajetória do desembargador e disse que os profissionais da área do Direito devem ter um perfil com muita discrição, pois trabalham com a vida e os interesses das pessoas. “Antigamente, as pessoas tinham medo de juiz. Hoje, a Justiça é democrática, todos têm acesso a ela, independentemente da classe social”, pontuou.