Recuperação de pacientes com a utilização de games

image_pdfimage_print

Os jogos digitais podem contribuir (e muito) para na reabilitação de pessoas com deficiências motoras. É o que mostra a pesquisa do terapeuta ocupacional formado pela Universidade Potiguar (RN) Fábio Galvão. O seu trabalho, apresentado no Campus Party Brasil 2012, consiste na reabilitação pela realidade virtual.

Fábio Galvão expondo o seu trabalho no Campus Party Brasil 2012 Fábio Galvão mostrando o seu trabalho no Campus Party Brasil 2012 (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

De acordo com Galvão, um dos principais campos de atuação da Terapia Ocupacional é a Tecnologia Assistiva, que visa criar uma compensação física (da realidade) para evitar lesões e aumentar a segurança dos pacientes para futuras atividades “reais”. Isso só é possível por conta da Reabilitação Virtual, que pode ser de dois tipos:  imersiva (com a utilização de capacetes e luvas) e não imersiva (utilizando video games comuns e monitores).

 

Fonte: Tecmundo

 

Deixe uma resposta