Professor de Jogos Digitais participa de Encontro de Educomunicação no Chile

image_pdfimage_print
O professor do curso de Jogos Digitais e produtor de vídeos da Assessoria de Comunicação Social, Luca Pacheco, esteve em Santiago do Chile representando a Unicap no Programa Latinoamericano e Caribenho de Educomunicação. O programa é uma iniciativa conjunta do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), da Associação Católica Latino-americana e Caribenha de Comunicação (Signis), e do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA). Dentre os objetivos do programa está a coleta de depoimentos de especialistas pioneiros da Educomunicação na América Latina para desenvolver um portal na Internet voltado para especialistas, pesquisadores e produtores de experiências na área. A ideia é que a ferramenta possa articular uma rede de experiências educomunicativas do continente.
luca-pacheco
Professor de Desenho e Pintura Digital, Luca Pacheco

Nesta etapa de coleta de depoimentos o professor Luca Pacheco está realizando entrevistas in loco com os especialistas em vários países. Até agora foram realizadas entrevistas com o coordenador do Núcleo de Comunicação e Educação da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo – NCE/ECA/USP, professor Ismar de Oliveira Soares, com o diretor da Pós-graduação em Docência Universitária e secretário acadêmico da Universidade Nacional de Cuy em Mendoza, Argentina, professor Daniel Prieto Castillo, com o coordenador de Estudos Midiáticos da Universidade Católica do Chile, professor Valerio Fuenzalida Fernández, com a presidente na América Latina da Associação Mundial de Comunicação Crista – WACC, professora María Elena Hermosilla, em Santiago do Chile, e com o catedrático em Ciências da Comunicação da Universidade de Guadalajara, México, professor Guilhermo Orozco.

Estão previstas ainda neste semestre entrevistas com especialistas do Perú, Colômbia e Costa Rica. O programa também prevê dois seminários internacionais em 2015 e a criação de um mestrado sobre o tema envolvendo universidades dos países da região.

Fonte: Assecom

Deixe uma resposta