RELIGIÃO EM TEMPOS DE MUDANÇA: O CRISTIANISMO CATÓLICO EM CONTEXTO DE METRÓPOLE

Welder Lancieri Marchini

Resumo


A metrópole traz consigo novas constituições e características que consequentemente influenciam numa nova configuração da religião vivida neste contexto. O presente artigo busca entender a vivência do cristianismo católico em contexto de metrópole. A partir de pesquisa que acompanhou o processo catequético na paróquia Nossa Senhora da Conceição, em São Paulo, pudemos elencar e analisar as características do cristianismo paroquial na perspectiva da subjetividade do indivíduo metropolitano, da crise das instituições e de uma moral pautada no bem-estar. A religião em contexto metropolitano assume cada vez mais características de prestação de serviço.

Data de submissão: 30-09-2015. Aprovado em: outubro de 2016.

doi: 10.20426/P.2178-8162.2016v7n14p027


Palavras-chave


Metrópole. Cristianismo católico. Subjetividade. Crise das instituições. Moral do bem-estar.

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMAN, Zygmunt. Comunidade: a busca por segurança no mundo atual. Tradução de Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

___________. Modernidade líquida. Tradução de Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

BERGER, Peter Ludwig. O dossel sagrado: elementos para uma teoria sociológica da religião. Tradução de José Calos Barcellos. São Paulo: Paulus, 1985. (Coleção sociologia e religião)

BURKE, Peter. Hibridismo cultural. Tradução de Leila Souza Mendes. São Leopoldo, RS: Editora Unisinos, 2003.

CANCLINI, Néstor Garcia. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. Tradução de Heloísa Pezza Cintrão e Ana Regina Lessa. 4 ed. São Paulo: Editora Universidade de São Paulo, 2006. (Ensaios Latino-americanos, 1)

CARLOS, Ana Fani Alessandri Carlos, OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de (org.). Geografias de São Paulo: Representação e crise da metrópole. São Paulo: Contexto, 2010.

ENGLER, Steven; STAUSBERG, Michael. Metodologia em ciência da Religião. In: PASSOS, João Décio; USARSKI, Frank. Compêndio de ciência da religião. São Paulo: Paulinas: Paulus, 2013. pp. 63-73.

FLORISTÁN, Casiano. Para compreender la parroquia. Estella (Navarra): Editorial Verbo Divino, 2001.

GUERRIERO, Silas. Objetividade e subjetividade no estudo das religiões: desafios do trabalho de campo. In: PLURA – Revista de estudos de religião, v. 1, 2010, pp. 54-65.

HERVIEU-LÉGER, Danièle. O peregrino e o convertido: a religião em movimento. Tradução de João Batista Kreuch. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

LIPOVETSKY, Gilles. A felicidade paradoxal: ensaio sobre a sociedade de hiperconsumo. Tradução de Maria Lúcia Machado. São Paulo: Companhia das letras, 2007.

___________. A sociedade pós-moralista: o crepúsculo do dever e a ética indolor dos novos tempos democráticos. Tradução de Armando Braio Ara. Barueri, SP: Manole, 2005.

___________; CHARLES, Sébastien. Os tempos hipermodernos. Tradução de Mário Vilela. São Paulo: Editora Barcarolla, 2004.

___________; SERROY, Jean. A cultura-mundo: resposta a uma sociedade desorientada. Tradução de Maria Lúcia Machado. São Paulo: Companhia das letras, 2011.

MARCHINI, Welder Lancieri. Plantando a cruz em chão de concreto: o cristianismo católico em contexto de metrópole. Saarbrücken, Alemanha: Novas Edições Acadêmicas, 2015.

___________. Da religião familiar à religião do indivíduo: uma leitura dos processos de iniciação comunitária da paróquia Nossa Senhora da Conceição.. In: VII congresso internacional em ciências da religião, 2014a, Goiânia. Anais VII CICR, 2014. p. 31-38.

MIGNOLO, Walter D. Histórias locais / projetos globais: colonialidade, saberes subalternos e pensamento limiar. Tradução de Solange Ribeiro de Oliveira. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

PASSOS, João Décio; SOARES, Afonso Maria Ligório (org). A fé na metrópole: desafios e olhares múltiplos. São Paulo: Paulinas: EDUC, 2009.

___________; USARSKI, Frank (orgs.). Compêndio de ciência da religião. São Paulo: Paulinas: Paulus, 2013.

___________; VILHENA, Maria Angela (org). Religião e consumo: relações e discernimentos. São Paulo: Paulinas: EDUC, 2009.

PRADO JR. Caio. A cidade de São Paulo: geografia e história. 13 ed. São Paulo, Editora Brasiliense, 1983.

RIBEIRO, Flávio Augusto Senra; CAMPOS, Fabiano Victor de Oliveira. Senso religioso contemporâneo e os sem religião: uma provocação a partir de Emmanuel Lévinas. In: Revista Caminhos, Goiânia, v. 12, n. 2, p. 312-331, jul./dez. 2014. Disponível em

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2013.

TOURAINE, Alain. Crítica da modernidade. Tradução de Elia Ferreira Edel. 9. ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2009.

___________. Poderemos viver juntos? Iguais e diferentes. Tradução de Jaime A. Clasen e Ephraim F. Alves. 2. ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Paralellus

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Paralellus Revista de Estudos da Religião - UNICAP
Universidade Católica de Pernambuco
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO (Doutorado e Mestrado)

Rua Almeida Cunha, 245, 8º andar do Bloco G4, Sala C1
CEP: 50050-480, Boa Vista, Recife - PE - Brasil| E-mail: paralellus@unicap.br
ISSN 2178-8162

 

INDEXAÇÃO/DIVULGAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

 

| |

|  |

 

 

 

Portais


 

 

Filiação / Suporte Técnico / Identificador

 

|  |