ARTE DO MOVIMENTO E EXPRESSÃO NÃO VERBAL NO DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO

Rogério Costa MIGLIORINI

Resumo


Este trabalho discorre sobre a afinidade entre Arte do Movimento e expressão não verbal no diálogo inter-religioso, entendendo que esse diálogo, mais do que uma conversa verbal, é uma forma de entrar em relação com o próximo por meio de todos os recursos possíveis e imagináveis. Por conseguinte, acreditamos que, por meio de exercícios e vivências baseadas em trocas e relacionamentos não verbais intermediadas pelo movimento, seja plausível desenvolver a capacidade de enxergar, ouvir, tocar, bem como de se relacionar física, espacial, emocional e espiritualmente com o outro diferente, uma vez que pode esquecer todo o pensamento racional e argumentação lógica. Para embasar essa abordagem, associamos à força do movimento e a comunicação não verbal, reflexões de teólogos como Aloysius Pieris e Lieve Troch. Também recorremos aos pensamentos de Maurice Bejart e Rudolf Laban, o primeiro um coreógrafo francês que criou e dirigiu uma das maiores e mais importantes companhias de dança da atualidade, e o segundo, um artista e teórico do movimento morto em meados do século passado.

Palavras-chave


Ecumenismo; Religiões; Fronteiras; Relacionamentos; Artes performáticas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25247/paralellus.2012.v3n6.p139-151

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Paralellus Revista de Estudos da Religião - UNICAP
Universidade Católica de Pernambuco
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO (Doutorado e Mestrado)

Rua Almeida Cunha, 245, 8º andar do Bloco G4, Sala C1
CEP: 50050-480, Boa Vista, Recife - PE - Brasil| E-mail: paralellus@unicap.br
ISSN 2178-8162

 

INDEXAÇÃO/DIVULGAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

 

| |

|  |

 

 

 

Portais


 

 

Filiação / Suporte Técnico / Identificador

 

|  |