A MULHER, O PECADO E JESUS

Sandra Helena Rios de Araujo

Resumo


As questões de gênero e seus enfrentamentos nos parecem uma discussão apenas contemporânea. Todavia, quando estudamos os textos sagrados, no caso específico a Bíblia, percebemos que elas são muito mais antigas. Aliás, elas começaram desde a narrativa da Criação descrita no livro do Gênesis. A partir do relato do “casal inaugural”, num jogo de luz e sombras, vamos encontrar o traçado do perfil da mulher e seus papéis a serem desempenhados naquela cultura e que se espraiam no seio do cristianismo. A reflexão aqui apresentada evidencia o quanto a mulher, de cujo ventre nasceu o pecado, teve sua própria corporeidade decretada impura e enquadrada pela legislação patriarcal judaica. Ela encontrou, entretanto, na figura de Jesus de Nazaré, alguém que a colocou definitivamente no lugar que lhe cabia, isto é, “filha de Israel”, participante do “povo eleito”. Ainda mais. “Aquele nascido de mulher” sacralizou o ventre. Em Jesus Cristo, a mulher encontrou outros papéis a assumir: tornou-se discípula e apóstola. Não só. Contribuiu para o início de sua missão messiânica; acompanhou-o pelos vilarejos; seguiu passo a passo sua via-crucis; aceitou alargar sua maternidade sobre a humanidade inteira; acolheu-o morto em seus braços; e gritou a vitória sobre a morte proclamando sua Ressurreição. Eis a reflexão que propomos.


Palavras-chave


Cristianismo - Gênero - Patriarcado - Sexualidade

Texto completo:

PDF

Referências


BEAUVIOR, Simone. O segundo sexo: a experiência vivida. 3. ed. São Paulo: Nova Fronteira, 2016.

BÍBLIA. Português. Bíblia de Jerusalém. Tradução do texto em língua portuguesa diretamente dos originais. Tradução das introduções e notas de Le Bible de Jérusalem, edição de 1998, publicada sob a direção da “École biblique de Jérusalem”. Edição em língua francesa.ed. ver. ampl. São Paulo: Paulus, 2002.

DEBERGÉ, Pierre. O amor e a sexualidade na Bíblia. Aparecida, SP: Santuário; São Paulo: Cidade Nova, 2003.

FACCHINI, Regina. Entre compassos e descompassos: um olhar para o "campo" e para a "arena” do movimento LGBT brasileiro. Natal: Bagoas - Estudos gays: gêneros e sexualidades, v. 3, n. 04, 2009, p. 131-158.

FIORENZA, Elisabeth Schüssler. As origens cristãs a partir da mulher: uma nova hermenêutica. São Paulo: Paulinas, 1992.

GEBARA, Ivone. As incômodas filhas de Eva na Igreja da América Latina. 2. ed. São Paulo: Paulinas, 1990.

GEBARA, Ivone. Teologia em ritmo de mulher. São Paulo: Paulinas, 1994.

GEBARA, Ivone; BONGEMER, Maria Clara L. Maria, mãe de Deus e mão dos pobres: um ensaio a partir da mulher e da América Latina. 2. ed. Coleção Teologia e Libertação. Petrópolis: Vozes, 1988.

HOORNAERT, Eduardo. Origens do cristianismo. São Paulo: Paulus, 2016.

KOCHMANN, Sandra. O lugar da mulher no judaísmo. Revista de Estudos da Religião. nº 2, 2005, p. 34-45. ISSN 1677-1222. Disponível em>: https://www.pucsp.br/rever/rv2_2005/p_kochmann.pdf. Acesso: 07 mai. 2020.

VELASCO, Carmiña Navia. Bíblia: caminho para a libertação da mulher. São Paulo: Paulinas, 1998.

VIDAL, Marciano. Moral do amor e da sexualidade. São Paulo: Paulinas, 1978.




DOI: https://doi.org/10.25247/paralellus.2020.v11n27.p209-223

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Sandra Helena Rios de Araujo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Paralellus Revista de Estudos da Religião - UNICAP
Universidade Católica de Pernambuco
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO (Doutorado e Mestrado)

Rua Almeida Cunha, 245, 8º andar do Bloco G4, Sala C1
CEP: 50050-480, Boa Vista, Recife - PE - Brasil| E-mail: paralellus@unicap.br
ISSN 2178-8162

 

INDEXAÇÃO/DIVULGAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

 

| |

|  |

 

 

 

Portais


 

 

Filiação / Suporte Técnico / Identificador

 

|  |