TEOLOGIA A MARTELADAS

Edelcio Serafim Ottaviani, Anderson Frezzato

Resumo


Este artigo, por meio de uma pesquisa documental e analítica das “Notas sobre a situação dos padres belgas no Brasil” (1960), procura ressaltar a metodologia de trabalho do teólogo José Comblin: uma reflexão teológica a marteladas. A exemplo de Nietzsche, com golpes certeiros, ele desconstrói as premissas da carta Encíclica Fidei Donumde Pio XII. Por meio delas, Comblin mostra que o problema do Brasil não está na quantidade de missionários a receber, seja da Bélgica ou de outros países europeus, mas na qualidade do trabalho que eles venham a desenvolver, ao elaborar um plano de evangelização junto ao clero local. Ao enviar essas notas ao diretor do Colégio Pró-América Latina (COPAL), Comblin deixa transparecer um elemento central do seu pensamento que continuará presente em seus escritos e projetos de evangelização: a leitura dos sinais dos tempos. Com um olhar aguçado, tratará de mostrar às autoridades eclesiásticas a existência de certa divergência entre a proposta missionária da Igreja belga e a expectativa da Igreja do Brasil. Segundo ele, trata-se mais de um trabalho de cooperação entre as Igrejas do que propriamente um labor missionário. Por meio de uma leitura dos documentos cedidos pelo COPAL e de um suporte bibliográfico, este artigo apresenta: o contexto em que foi criado o Colégio e seus objetivos iniciais; a metodologia de análise e a estrutura das “Notas”, a partir das quais nossoautor procurará contribuir para a eficácia do projeto missionário elaborado pelo COPAL.

Enviado: 25-09-2018 - Aprovado e publicado: 12-2018


Palavras-chave


COPAL. José Comblin. Missão. Padres belgas no Brasil.

Texto completo:

PDF

Referências


BIANCHI, Enrique Ciro. Pobres en este mundo, ricos en la Fe: la fe de los pobres de América según Rafael Tello. 2. ed ampliada y actualizada. Buenos Aires: Agape, 2016.

CODINA, Víctor. Medellín en su contexto eclesial. Revista Latino Americana de Teologia (ASETT/EATWOT). 2018. Disponível em . Acesso em 5 de set de 2018.

DENZINGER, H. Compêndio dos Símbolos, definições e declarações de fé e moral. São Paulo: Paulinas/Loyola, 2007.

GODOY, João Miguel. O Contexto Histórico do Concílio Vaticano II. Revista Notícia Bibliográfica e Histórica. Revista da Faculdade de História, Campinas, PUC-Campinas, nº 201, julhodezembro, 2006, p. 117-128.

GONÇALVES, Paulo Sérgio. A teologia do Concílio Vaticano II e suas consequências na emergente Teologia da Libertação. In. GONÇALVES, Paulo Sérgio; BOMBONATO, Vera. Concílio Vaticano II. Análise e perspectivas. São Paulo: Paulinas, 2004, p. 69-94.

HOBSBAWN, ERIC J. A Era das Revoluções (1789-1848). Tradução de Maria Tereza Teixeira e Marcos Penchel. 38 ed. Rio de Janeiro; São Paulo: Paz & Terra, 2017.

LAGA, Carl. Joseph Comblin (1923-2011). In: STOLS, Eddy; PELAES MASEARO, Luciana; BUENO, Cláudio (Orgs.). Brasil e Bélgica. Cinco séculos de Conexões e Interações. São Paulo: Narrativa, 2014, p. 178-181.

LORSCHEIDER, Aloísio. Testemunho sobre o Sínodo extraordinário na Luz do Vaticano II, passados 20 nos. Concilium, n. 208, Número especial sobre o Sínodo 1985, p. 83-88, 1986/6.

MESTERS, Carlos. Carta Aberta. In: Novos Desafios Para o Cristianismo: a contribuição de José Comblin. São Paulo: Paulus, 2012.

MUGGLER, Monica Maria. Padre José Comblin: uma vida guiada pelo Espírito. São Bernardo do Campo: Nhanduti, 2013.

PIERRARD, Pierre. História da Igreja. São Paulo: Paulus, 2002.

PIO XII, Papa. Fidei Donum. Carta Encíclica de 21 de abril de 1957. In AAS 49 (1957) 225-248. Disponível em: .

PIZZARDO, Giusepe. Lettre au cardinal Van Roey sur la fondation du Collège Pro-Amérique Latine. 1952. In. Acervo do Grupo de Pesquisa José Comblin (Cnpq). PUC-SP. Acesso em 5 de setembro de 2018.

ROEY, Joseph Ernest van. Lettre au Cardinal Pizzardo sur la situation du Collège Pro-Amérique Latine. 1954. In: Acervo do Grupo de Pesquisa José Comblin (CNPq). PUC-SP. Acesso em 5 de setembro de 2018.

STOLS, Eddy. Presenças belgas no catolicismo do Brasil contemporâneo (1945-2010). In: STOLS, Eddy; PELAES MASEARO, Luciana; BUENO, Cláudio (Orgs.). Brasil e Bélgica. Cinco séculos de Conexões e Interações. São Paulo: Narrativa, 2014, p. 176-178.




DOI: https://doi.org/10.25247/paralellus.2018.v9n22.p597-619

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Edelcio Serafim Ottaviani, Anderson Frezzato

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

INDEXADORES E BASES DE DADOS

LATINDEX      |      DIADORIM/IBICT       |      SEER/IBICT