Empatia e Ética na fenomenologia de Edith Stein

Silvestre Grzibowski, Rudimar Barea

Resumo


O objetivo deste estudo é apresentar o tema da empatia proposto por Edith Stein como fundamento para abordagem de perspectivas éticas nas relações humanas. Stein investiga qual é o sentido essencial dos atos de empatia, consequentemente como os seres humanos podem perceber as vivências alheias. O argumento central do trabalho consiste em ressaltar que no desenvolvimento da investigação sobre o tema da empatia de Stein, é notória a intrínseca relação que se dá com a ética, ao passo que os sujeitos nas relações intersubjetivas são impulsionados a compreender as vivências do Outro, considerando-a como vivência própria, o que leva o sujeito adotar perspectivas éticas com respeito à alteridade. Para evidenciar estes aspectos o estudo contém uma introdução contextualizando a discussão e logo se divide em dois momentos. No primeiro, são destacados os principais aspectos de clarificação fenomenológica que permitem descrever a essência do tema da empatia de Stein. No segundo, discute-se a importância da afirmação dos valores constituídos intersubjetivamente em relação empática e sua contribuição para o fortalecimento da ética nas relações humanas. Por fim, evidencia-se o esforço no curso do trabalho de situar a relação essencial entre o desenvolvimento da empatia e a efetivação da ética no fluir das vivências.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25247/P1982-999X.2015.v1n2.p34-46

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Ágora Filosófica



Ágora Filosófica
Universidade Católica de Pernambuco
Coordenação do Curso de Filosofia
Rua do Príncipe, 526, Boa Vista, bloco B, 1º andar.
CEP. 5050-900
Recife, Pernambuco, Brasil | Fone: (81) 2119-4171
ISSN: 1982-999x | E-mail: agorafilosofica@unicap.br


INDEXAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

  

Índice


Filiação/Suporte Técnico/Identificador

  

Portal

Plataforma