O Domínio da Razão Entre Freud e Platão

Pedro Henrique de Oliveira Efken

Resumo


No presente artigo, busca-se demonstrar que o domínio da razão sobre a dimensão corpórea, território dos apetites, é um imperativo no projeto ético platônico e freudiano. Com efeito, assim como Platão concebe uma faculdade racional da alma que deve dominar a parte apetitiva, essencialmente ligada ao corpóreo, Freud concebe o psíquico como um aparelho forjado para dominar as pulsões que se originam no organismo e chegam à mente como exigência de trabalho em virtude de sua ligação com o corpo. Ao longo do artigo, será demonstrado que o domínio do corpóreo pela atividade racional é, em certa medida, análogo em Freud e em Platão.

Palavras-chave


Domínio. Razão. Corpo. Freud. Platão.

Texto completo:

PDF/A

Referências


ASSOUN, P. Freud a filosofia e os filósofos. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1978.

ASSOUN, P. Freud e Nietzsche: semelhanças e dessemelhanças. São Paulo: Brasiliense, 1989.

BIRMAN. J. Entre cuidado e saber de si: sobre Foucault e a psicanálise. 2 ed. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2000.

FREUD, S. Sobre psicoterapia. In: Fundamentos da clínica psicanalítica. Belo horizonte: Autêntica, Originalmente publicado em 1905.

FREUD, S. Totem e Tabu. In: J. Strachey (Ed. rev.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. (Vol. 13) Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1913 [1912-13]).

FREUD, S. Sobre o narcisismo: uma introdução. In: J. Strachey (Ed. rev.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. (Vol. 14) Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1914).

FREUD S. As pulsões e seus destinos. Trad. P. T. Tavares, Trad. Belo Horizonte: Autêntica (Originalmente publicado em 1915)

FREUD, S. O estranho. In: J. Strachey (Ed. rev.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. (Vol. 18) Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1919)

FREUD, S. Além do princípio do prazer. In: J. Strachey (Ed. rev.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. (Vol. 18) Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1920)

FREUD, S. Psicologia das Massas e análise do Eu. In: J. Strachey (Ed. rev.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. (Vol. 18) Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1921)

FREUD, S. O ego e o id. In: J. Strachey (Ed. rev.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. (Vol. 19) Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1923)

FREUD, S. A negativa. In: J. Strachey (Ed. rev.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. (Vol. 19) Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1925)

FREUD, S. Por que a guerra? In: J. Strachey (Ed. rev.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. (Vol. 22) Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1933)

FREUD, S. Compêndio de psicanálise e outros escritos inacabados. Belo Horizonte: Autêntica, 2014 (Originalmente publicado em 1940).

GARCIA-ROZA, A. Freud e o inconsciente. 23. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

LAPLANCHE, J.; PONTALIS, J-B. Vocabulário da psicanálise. 9. ed. Trad. P. Tamem. São Paulo: Martins Fontes (Originalmente publicado em 1967)

MARTINS, A. Prefácio. In: Mizrahi, B. G. A vida criativa em Winnicott: um contraponto ao biopoder e ao desamparo no contexto contemporâneo. Rio de Janeiro: Garamond, 2010.

NIETZSCHE, F. O nascimento da tragédia, ou Helenismo e pessimismo. Tradução, notas e posfácio J. Guinsburg. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

PLATÃO. Protagóras. Trad. de Carlos Alberto Nunes. Belém: Edufpa, 2002.

PLATÃO. Fedro. Trad. de Maria Cecília Gomes dos Reis. São Paulo: Companhia das letras, 2016.

PLATÃO. Fédon ou da alma. In: Diálogos. Trad. de Enrico Corvisieri. São Paulo: Nova Cultural (Os pensadores), 1999.

PLATÃO. A República. Trad. de Anna Lia Amaral de Almeida. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

WALMSLEY, L, N. Liberdade democrática versus liberdade filosófica: um estudo dos usos do conceito de eleuthería na República de Platão. Dissertação de mestrado, São Paulo: Usp, 2006.




DOI: https://doi.org/10.25247/P1982-999X.2020.v20n1.p61-80

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Ágora Filosófica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Ágora Filosófica
Universidade Católica de Pernambuco
Coordenação do Curso de Filosofia
Rua do Príncipe, 526, Boa Vista, bloco B, 1º andar.
CEP. 5050-900
Recife, Pernambuco, Brasil | Fone: (81) 2119-4171
ISSN: 1982-999x | E-mail: agorafilosofica@unicap.br


INDEXAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

  

Índice


Filiação/Suporte Técnico/Identificador

  

Portal

Plataforma