Portal de Conferências da Unicap, 2018: 5º Encontro Nordeste de História da Mídia

Tamanho da fonte: 
Do ghetto status à feminização das redações: um panorama histórico sobre o ingresso das mulheres no jornalismo
Rayanne Albuquerque, Ana Veloso

Última alteração: 2018-11-01

Resumo


Por meio de uma revisão bibliográfica, este artigo aborda de maneira panorâmica a história do ingresso feminino no jornalismo. Com o intuito de compreender os principais desafios e razões que colaboraram para o estabelecimento da condição profissional das mulheres na profissão, o estudo debruçou-se na literatura de autores dos campos de estudos de gênero, da história do jornalismo e pesquisas recentes sobre a demografia do mercado laboral da profissão no Brasil. Observou-se que a divisão sexual do trabalho, presente nas origens do ingresso feminino nas redações, ainda se faz presente na contemporaneidade.

Palavras-chave


história do jornalismo; gênero; redação; mercado de trabalho; jornalismo

Texto completo: PDF