↑ Voltar para Fórum

Imprimir Página

Wicca

 

Wicca

 

História

Essa religião tem como marco fundador o ano de 1954, data da publicação do livro “A bruxaria hoje” de Gerald Gardner (1884-1964). Este último utilizou o termo Wica, para definir as seguidoras da bruxaria, e descreveu em seu livro, como ela estava sendo praticada. Acreditava-se na sua época que a “antiga religião pagã européia” foi conservada por seus membros que seriam as bruxas queimadas nos princípios da idade moderna. Dessa forma, Gardner alegou ter descoberto e ter sido iniciado em um coven (“grupo”) de bruxas de New Forest (Inglaterra), e que este era um remanescente do paganismo antigo europeu. Por isso se utiliza também o termo bruxaria e bruxa ou bruxo, para designar a religião estudada e seus membros.

Na Inglaterra a Wicca logo ganhou repercussão na mídia e atraiu adeptos. No entanto, seu caráter iniciático, e restrito, limitou a proliferação de uma maior quantidade de membros. Já nos EUA, onde rapidamente chegou na década de 1960 teve seu rumo alterado devido a influencia da contracultura, feminismo e o movimento ecológico. E mais tarde o movimento de Nova Era. No Brasil a Wicca chega na década de 1990, período em que a auto-iniciação já era aceito pela comunidade.

A Wicca é uma religião moderna que busca manter similaridades com o paganismo antigo e a feitiçaria. Em seus quase sessenta anos de história, já tem muito o que contar. Seu pensamento sincrético e intuitivo cria uma vasta diversidade de crenças e práticas entre os próprios wiccanos. Sendo assim, existem diversas tradições dentro da Wicca. Além das tradições mais conhecidas, cada coven e bruxo possuem seu Livro das Sombras, lugar onde são relatadas todas as experiências do coven e do wiccano. Então, a partir da experiência, um coven pode decidir criar sua própria tradição. No entanto, podemos encontrar certas linhas comuns na maioria das tradições da Wicca.

 

Principais crenças

  1. Culto à Deusa Tríplice e Seu Consorte, ou seja, aos Deuses antigos
  2. Iniciação
  3. Respeito ao conselho Wiccaniano: “Faça o que quiser, se a ninguém prejudicar”
  4. Submissão à Lei Tríplice
  5. Respeito absoluto à vida
  6. Crença na reencarnação
  7. Crença na Grande Teia universal
  8. Celebração dos ciclos da Natureza
  9. Prática de magia natural
  10. Proibição completa de proselitismo

 

Tradições

Wicca Gardneriana; Tradição 1734; Wicca Alexandrina; Tradicional Britânica; Wicca Céltica; Tradição Caledoniana ou Caledonni; Tradição Picta; Tradição Diânica; Tradição Georgina; Ecletismo; Tradição das Fadas ou Fairy Wicca; Seax-Wicca ou Wicca Xaxônica; Tradição Strega; Tradição Teutônica ou Nórdica; Tradição Asatrú; Tradição Algard; Tradição Galesa de Gwyddonaid; Bruxo Solitário; Bruxo hereditário ou Tradição familiar.

 

Celebrações

1. Sabbaths: festivais que celebram o mito da roda do ano:

Samhain 1ª de maio – Beltane 31 de outubro;

Yule por volta de 21 de junho – Litha por volta de 21 de dezembro;

Imbolc 1ª de agosto – Lammas 2 de fevereiro;

Ostara por volta de 22 se setembro – Mabon por volta de 21 de março;

2. Esbaths: Celebração à Deusa em seu aspecto lunar.

Realizado no primeiro dia de lua cheia.

 

Endereço físico e virtual

Encontros: ESP PE - Encontro Social Pagão & Wiccanique

Local: Praça da República, Internet:  http://esppernambuco.blogspot.com

Jornal:  http://jornalobruxopernambuco.blogspot.com

Coven: http://covengew.blogspot.com

Link permanente para este artigo: http://www.unicap.br/observatorio2/?page_id=211

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Sharing Buttons by Linksku