Programação 2015

DSCF2317

 

Mingau branco
Numa tigela imaculada –
A luz do sol do Ano-Novo.

(Jôsô)

 

1. Grupo de Estudo

O Grupo de Estudo sobre Transdisciplinaridade e Diálogo, coordenado pelo prof. Gilbraz Aragão na UNICAP, reúne-se a partir de 11 de março, nas quartas-feiras, das 17 às 18h30, no Laboratório do Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião (8º andar do bloco G4) e é aberto à participação de pesquisadores, doutorandos, mestrandos e também graduandos interessados na iniciação científica, além de militantes do diálogo inter-religioso. Este ano o Grupo completa uma década e, por ocasião de Seminário que promoverá na UFPB, dia 22 de maio, vai lançar o livro “Espiritualidades, transdisciplinaridade e diálogo”, com textos dos seus participantes.

Neste semestre, Isadora foi estudar no Canadá (deixou esse avatar aí, Isa, trabalhando por ela) e Rayane vai se juntar a Larissa no PIBIC/CNPQ sobre as in-disposições das igrejas para os desafios dos direitos humanos. Dentre os mestrandos, Constantino apresenta a dissertação (dia 25 de março às 14h) sobre representações das religiões afro entre estudantes do Recife, Maria apresenta a dissertação (dia 30 de março às 10h) sobre o crescimento dos “sem-religião” nas escolas de Boa Vista e Luiz defende a dissertação (dia 31 de março às 15h) sobre possessão e cristianismo. Mailson vai começar pesquisa sobre lógica e diversidade religiosa, Karina sobre neopaganismos, Luca sobre espiritualidades, Davi sobre ciberevangelização, Joselito sobre ecumenismo… e tem mais gente chegando.

Nas reuniões semanais do Grupo os participantes compartilham o andamento de suas pesquisas e depois prosseguem com o estudo de uma obra: este semestre vamos finalizar o livro “A monstruosidade de Cristo“, de Slavoj Zizek e John Milbank, um confronto interdisciplinar sobre a importância da religião e o significado de Jesus (Deus-homem “monstruoso”, pros hegelianos); uma controvérsia entre um filósofo ateu e pensador de esquerda, conhecido pela articulação que promove entre Hegel, Marx e Lacan, e o teólogo que fundou o movimento conservador Ortodoxia Radical. Basta um pouco de coragem pra participar desses encontros!

 

2. Fórum Inter-religioso

O Fórum Inter-Religioso da UNICAP, organizado pelo nosso Observatório, articula uma série de encontros com animadores das tradições espirituais da região, para conhecimento mútuo e exercício de tolerância cultural, para refletir sobre a veneração pluralista pelo sagrado. Depois de uma fase de (re)conhecimento de quase trinta grupos religiosos mais presentes em Pernambuco, o Fórum começou a trabalhar questões transversais às tradições espirituais e, desde o ano passado, principiou a série “Em busca dos pontos comuns das religiões”, revendo e agrupando os grandes troncos espirituais.

As sessões do Fórum estão se organizando como cine-debates, em torno dos documentários “Religiões do Mundo”, preparados pelo Projeto de Ética Mundial do teólogo Hans Kung. Esse Projeto se apoia em quatro convicções básicas: não há paz entre as nações sem paz entre as religiões; não há paz entre as religiões sem diálogo entre as religiões; não há diálogo entre as religiões sem padrões éticos globais; não há chance de sobrevivência para nosso planeta sem uma ética global, uma ética mundial, apoiada por pessoas religiosas e não-religiosas.

Para os debates dos filmes, então, sugerimos a leitura prévia do livro Religiões do Mundo, do mesmo autor. E o Fórum reúne-se normalmente nas segundas segundas-feiras de cada mês, das 17 às 18h30, no Auditório do CTCH, primeiro andar do Bloco B da Universidade. Os próximos encontros marcados são estes, em torno das religiões originadas na Índia e no leste asiático:

Dia 13 de abril: Hinduísmo: a consciência cósmica, as crenças na reencarnação, a ioga e a meditação, são recuperadas da antiguidade e redescobertas em novos movimentos espirituais. Debatedora convidada Milena Souza.

Dia 18 de maio: Budismo: a reforma ética e interior que leva à extinção do sofrimento e à construção do “caminho do meio”. Debatedora convidada Flori Cavalcanti.

Dia 8 de junho: Religiões Chinesas: os caminhos da “natureza”, as correntes filosófico-religiosas do Extremo Oriente, explicam o ponto de mutação cultural em que nos encontramos. Debatedor convidado Marconi Campos.

 

3. Encontros e Seminários

A equipe do Observatório Transdisciplinar das Religiões no Recife está envolvida igualmente na animação de vários eventos relacionados ao diálogo, em parceria com outros grupos acadêmicos e de educação comunitária:

Encontrando o sentido da vida – dia 19 de fevereiro, 18h (Auditório do CTCH UNICAP). Palestra e debate com Sérgio Ferreira, sobre “Viktor Frankl: terapeutizando a vida – e as religiões”.

Fundamentalismos religiosos e direitos humanos – dia 25 de fevereiro, 19h (Auditório do CTCH UNICAP). Participação de Gilbraz Aragão no Humanitas em Diálogo.

Educação e religiões – dia 23 de março, 14h (Anfiteatro do bloco G4 UNICAP). Debate com Sérgio Junqueira, sobre “Ciências da Religião e Ensino Religioso”.

Evangelho e instituição – dia 8 de abril, 16h30 (Auditório do CTCH UNICAP). Palestra de lançamento do livro de Marcelo Barros, sobre as reformas do catolicismo na perspectiva do pensamento de Comblin.

Exposição do inferno – dia 16 de maio, 16h, na Casa do Cachorro Preto em Olinda, visita a exposição de arte e debate sobre representações do mal nas religiões.

Amigos por quê?! – 18 a 21 de maio, 8h30 às 12h30, (bloco G4 da UNICAP). Participação do Grupo em Seminário sobre diálogo cristão-islâmico com Ricardo Burigana.

Unidade dos cristãos – dia 20 de maio, 18h (Capela UNICAP). Participação do Grupo na Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos.

Educação transdisciplinar e diálogo inter-religioso – 22 e 23 de maio na UFPB. Seminário de Gilbraz Aragão e Grupo no Programa de Ciências das Religiões da Federal da Paraíba.

Peripateia das religiões – dias 30 e 31 de maio. Visita coordenada por Artur Tavares à Fraternidade do Discípulo Amado.

 

4. Congressos e Comunicações

Nossa equipe também atua em rede com outros Núcleos de pesquisa e Observatórios da diversidade cultural e do diálogo entre religiões, sobretudo promovendo sessões do Grupo de Trabalho “Espiritualidades Contemporâneas, Pluralidade Religiosa e Diálogo” por ocasião de Congressos acadêmicos da área:

9 a 13 de maio – Congresso Lusófono de Ciência das Religiões em Lisboa – Portugal.

14 a 17 de julhoCongresso da SOTER em Belo Horizonte (inscrições de comunicações em nosso GT até 1 de maio).

9 a 11 de setembro – Congresso da ANPTECRE em Curitiba (envio de resumos de comunicações pro nosso GT até 30 de março).

29 a 31 de outubro – VIII Congresso Nacional do Ensino Religioso promovido pelo FONAPER na UNICAP.

 

Enfim, esperamos que nesse novo ano a gente veja sempre mais luz,

em meio ao mingau de sempre

 

9 comentários Adicione o seu

  1. marcia andrade disse:

    Gostaria muito de receber informações sobre os estudos e a programação aberta ao público em geral, tenho muito interesse em estudar sobre o assunto eparticipar das discussões.

    Muito agradecida
    Marcia Andrade

  2. Gilbraz disse:

    Olá! com exceção dos congressos, onde é preciso fazer inscrição, toda a nossa programação é aberta e gratuita: Seja bem vinda!

  3. Duran Ferreira disse:

    Bom dia.

    Gostaria de ter cadastrado meu e-mail em vosso ambiente para receber informações dos vosso eventos.

    Gostaria também de saber vocês ministram curso de extensão sobre o tema religião? e para participar do grupo de estudo é preciso ter conhecimento prévio?

    Desde já grato pelo espaço e aguardo vossa resposta.

    Cordialmente.
    Duran Ferreira

  4. Gilbraz disse:

    Duran,
    já oferecemos curso de extensão e estamos preparando outro na modalidade EAD, sobre diálogo inter-religioso, mas o lançamento é lá pro final do ano. Quanto ao grupo de estudo, é aberto a quem tem interesse pelos nossos temas: é só chegar e sentir o clima. Seja bem vindo!

    1. Duran ferreira disse:

      Bom dia.Prof. Gilbraz,

      Quando começar as inscrições para o curso de extensão na ead sobre diálogo inter-religioso, por gentileza me remeta um e-mail para que eu possa fazer minha inscrição.

      Desde já grato por vossa atenção

      Cordialmente.
      Duran

  5. Artur Lins disse:

    Professor Gilbraz,
    Tive a audácia de me convidar e fiquei encantado com a proposta do grupo.
    Estarei presente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *