OBSERVATÓRIO DA UNICAP PARTICIPA DE PROJETO DE PESQUISA INTERNACIONAL

 

Como desdobramento do Seminário promovido em julho de 2015 na Colômbia pelo Observatorio de la Diversidad Religiosa y de las Culturas en América Latina y el Caribe (ODREC), do qual participou pelo nosso Observatório Transdisciplinar das Religiões no Recife o professor Gilbraz Aragão (veja por aqui o relato do intercâmbio), surgiu um Acordo de Cooperação internacional para desenvolvimento do Projeto de Pesquisa “Estado del arte sobre la transformación religiosa en América Latina”.

Estão participando do Projeto, cujo convênio acabou de ser assinado pelas respectivas coordenações, grupos de pesquisadores da Universidad de San Buenaventura, da Universidad de Santo Tomás, da Universidad Católica del Salvador, da Universidad Católica del Norte, da Universidad Católica Silva Henriquez, da Universidade Pontifícia Bolivariana, da Universidad Anahuac, da Universidad Católica los Ángeles de Chimbote, da Universidad Católica de Pereira, da PUC-Minas e do nosso “Observatorio Transdisciplinar de las Religiones en Recife” (da UNICAP).

O objetivo geral do Projeto de Pesquisa é, frente ao mundo cada vez mais conectado e globalizado, desenvolver um “estado da arte” sobre as investigações relacionadas com a “transformação do campo religioso” na América Latina (mais detidamente nos países representados pelas Universidades envolvidas: Colômbia, El Salvador, Brasil, México e Chile) durante os últimos cinquenta e seis anos (1960 – 2016).

O nosso Observatório no Recife vai colaborar com um panorama sobre “transformación religiosa en Brasil”, em cuja investigação estão envolvidos o professor Gilbraz e colegas que participam do seu grupo de estudos: Mailson Fernandes Cabral de Souza, Maria Vanessa Nunes, Karina Oliveira Bezerra e Mariano Vicente da Silva. Eles já estão trabalhando sobre as tendências no campo religioso brasileiro a partir do Censo 2010, as migrações entre igrejas cristãs e o crescimento e transformações no espiritismo, as interpretações do grupo “sem-religião” e dos fenômenos de intolerância e diálogo entre as nossas tradições espirituais.

Agora, de 11 a 15 de julho de 2016, a Universidad de San Buenaventura de Bogotá acolheu o Congresso Internacional do ODREC sobre “Diversidade Religiosa e das Culturas”, concomitantemente com um novo Seminário de Trabalho (veja nas fotos deste post). O Congresso, com seis conferências e cerca de cem comunicações em grupos simultâneos de estudo, reuniu mais de duzentas pessoas da América Latina e outros países, que refletiram sobre a geração de políticas públicas e a promoção da paz social, considerando a diversidade religiosa e cultural dos nossos povos.

Já o Seminário do ODREC, para o qual os professores Gilbraz e Flávio Senra foram convidados a participar por videoconferência desde o Brasil, aprofundou os rumos do Projeto de Pesquisa sobre as transformações religiosas no continente e fixou as seguintes linhas e líderes de trabalho: i) Cambio ad intra de la religión: Andrés Mauricio Quevedo Rodríguez; ii) Diversidad religiosa: Carlos Ángel Arboleda Mora y Gilbraz Aragão; iii) Ecumenismo: Ricardo Próspero Morales; iv) Religión-Estado, educación y laicismo: Camilo Andrés Fajardo Pedroza; v) Proceso de secularización: Sergio Torres Pinto.

A rede de pesquisadores envolvidos com o Projeto acordou ainda este cronograma de produtos acadêmicos: i) Artigo para publicação em revista indexada, com a reflexão em torno de tema específico dentro da linha de trabalho. Prazo máximo: novembro de 2016 (Nota: no texto se deve indicar a filiação institucional ao convênio organizado pelo ODREC e o projeto de pesquisa); ii) Capítulo de livro conjunto do projeto, com o aprofundamento das questões comuns e continentais da linha trabalhada. Prazo máximo: junho de 2017.

A projeção internacional do nosso trabalho investigativo já havia começado no ano passado, com a participação do grupo de estudos da gente, em Portugal, no Congresso Lusófono de Ciência das Religiões, onde organizamos um GT exitoso. Com essa ampliação, pois, do envolvimento institucional do Observatório das Religiões no Recife com os parceiros da América Latina e do Caribe, em um Projeto de Pesquisa sobre as mudanças religiosas na região, esperamos somar ainda mais forças e multiplicar os esforços acadêmicos e políticos em um grande rizoma de promoção da diversidade e do diálogo. Como dizemos sempre em nossos encontros, “ao infinito e além”!

 

 

Para saber mais:

Nosso Observatório no Osservatore Romano

Grupo de Pesquisa interuniversitário

Observatório em Congresso Lusófono sobre Religiões

Rizoma latino-americano para o diálogo

 

 

3 comentários Adicione o seu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *