Caminhada rumo aos 75 anos da Unicap

“¡Cómo no voy a estar contento! ¡Cómo no estar agradecido a Dios!”
Santo Alberto Hurtado, SJ (1901-1952)

HISTÓRICO

Já é tradição fazermos, com muito êxito, uma caminhada da Unicap para Olinda celebrando a memória e refletindo sobre o trabalho social do padre Alberto Hurtado. É um sacerdote chileno, da Companhia de Jesus, que, no século passado, dedicou sua vida à Deus no serviço aos mais pobres. Chamamos essa iniciativa “El camiño de Hurtado”. Em 2017, queremos unir essa iniciativa à caminhada celebrativa da Católica Rumo ao 75 anos. Segue o convite para você!

Data: 7 de outubro de 2017.

Objetivo:

Viver uma experiência de vida, compartilhada em uma caminhada a pé, da Católica até a Sé de Olinda, comemorando o Dom da Vida.

Itinerário:

Caminhada da UNICAP até a Sé de Olinda. Convento da Conceição.

1º Momento

14h – Acolhida e concentração dos participantes na sala do Instituto Humanitas Unicap – Térro do Bloco A. Explicação do sentido da caminhada.

2º Momento

14h30 – Momento cultural com o Grupo de Capoeira Chapéu de Couro da Unicap.
15h – Início da Caminhada com parada na Rua do Lima na Igrejinha da Piedade. Momento para descanso onde tomamos uma gostosa água fresca. Acolhida do Pe. Francisco Caetano Pereira – Paróquia Centenária de Nossa Senhora da Piedade.
16h30 – Saída da rua do Lima

3º Momento

17h45 – chegada ao Alto da Sé. Momento para contemplar imagens inesquecíveis.

Obs: 

Importante: Faça sua inscrição na sala do Instituto Humanitas. Ou com a pessoa responsável no seu setor de trabalho ou estudo.

Promoção:

Instituto Humanitas Unicap, Grupo Amigos no Caminho e Curso de Teologia da Católica.

CAMINHADA RUMO AOS  75 DA CATÓLICA

O sentido

Diante de um tempo, marcado pela rapidez das mudanças, pelo corre-corre frenético, pelo individualismo, muitas vezes é difícil avaliar o impacto que isso acarreta em nossa vida, pois afeta os nossos valores, a prática pessoal, espiritual e profissional.

Portanto, a caminhada é uma experiência que resgata a existência humana, trazendo equilíbrio, sabedoria, discernimento para melhor viver, além de possibilitar conhecer novas pessoas, novos lugares, integrar-se mais consigo, com os outros e com o transcendente. É uma possibilidade de ordenar os sentimentos.

A experiência do caminhar leva a pessoa a unir o movimento físico ao esforço mental. Caminhando, reflete-se sobre o que realmente está se fazendo. Poderíamos até dizer que a experiência universitária surgiu no caminho. É bom lembrar as aulas peripatéticas na antiga Grécia por volta do século V a.C. À medida que se reflete sobre o que se faz ao caminhar, ocorrem-nos novas descobertas e constatações que não ficam só na cabeça, mas, sim, fluem pelo corpo todo enquanto se caminha.

Essa pedagogia do caminho nos leva a entender que o conhecimento se torna, então, experiência. “Não é o muito saber que sacia e satisfaz a alma, mas o sentir e saborear as coisas internamente”(EE 2). Os universitários que, realmente, fazem a experiência do caminho certamente, em breve, serão mais sábios.

Contamos com sua participação!

Faça sua inscrição agora. Garanta seu passaporte da estrada! Dê sentido a sua vida,usando os pés. Caminhe!

Partilhar
setembro 29th, 2017 Postado por : Jose Maria Arquivado em: Notícias

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta:

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios*

X