Integrantes do Instituto Humanitas Unicap participam da peregrinação a Santa Fé do Ibiapina

O Grupo de Peregrinas e Peregrinos do Nordeste, com o apoio do Instituto Humanitas Unicap (IHU), vai promover, de 1º a 8 de julho, uma peregrinação a pé de Alagoa Grande a Santa Fé do Ibiapina, na Paraíba. O percurso totaliza cerca de 130 quilômetros.

Alagoa Grande é a terra da líder sindical Margarida Alves, assassinada na década de 1980 por defender os trabalhadores rurais. A cidade foi onde também nasceu Jackson do Pandeiro.

Durante a caminhada serão visitadas várias cidades, onde acontecerão encontros e celebrações em memória de Margarida e do Padre Ibiapina, que foi um grande missionário do Nordeste no século XIX. A peregrinação será encerrada no santuário de Santa Fé do Ibiapina com uma missa presidida pelo Arcebispo Emérito da Paraíba, Dom José Maria Pires.

Participarão da peregrinação o funcionário do Instituto Humanitas Unicap, Carlos Vieira (ajudante administrativo), e o Prof. Artur Peregrino, do curso de Teologia e integrante do IHU.

Conheça o GPPN

O Grupo de Peregrinas e Peregrinos do Nordeste (GPPN) nasceu há 31 anos, sendo composto por homens e mulheres (crianças, jovens, adultos e pessoas idosas), naturais de toda parte do Brasil. É uma experiência ecumênica com membros de várias igrejas cristãs como também de outras tradições religiosas. Tem como carisma caminhar segundo o chamado de Jesus: “E enviou-os a pregar o Reino de Deus, e a curar os enfermos. E disse-lhes: Nada leveis convosco para o caminho, nem bastão, nem sacola, nem pão, nem dinheiro; nem tenhais duas túnicas” (Lucas 9:2-3). Deste modo, andam sempre a pé, não utilizam e nem recebem dinheiro e não carregam comida. Toda sua manutenção, durante o período da peregrinação, resulta da partilha que as comunidades fazem. Alimentam-se do que lhes é ofertado, partilhando com a comunidade. Suscitam, assim, a comunhão e a confiança nos lugares por onde passam.

Print Friendly, PDF & Email

junho 19th, 2017 Postado por : vieira Arquivado em: Notícias

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta:

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios*