Jornalista da TV Globo Francisco José abre a 11ª Semana de Integração

Profª Aline Grego, Francisco José e Pe. Lúcio Flávio. Foto Paulo Maia.

Profª Aline Grego, Francisco José e Pe. Lúcio Flávio. Foto Paulo Maia.

A abertura da 11ª Semana de Integração Universidade Católica e Sociedade,  na terça-feira (22) à noite , no auditório G2, foi marcada pela palestra do repórter especial da TV Globo Francisco José. Contando bastidores de reportagens e exibindo trechos em vídeo, ele falou sobre sustentabilidade. A mesa foi composta ainda pela Pró-reitora Acadêmica, Prof.ª Drª Aline Grego; e pelo Pró-reitor Comunitário, Prof. Dr. Padre Lúcio Flávio Cirne. Eles representaram o Reitor, Prof. Dr. Padre Pedro Rubens, que está em férias.

Chico José tem uma relação especial com a Unicap, onde chegou a cursar Direito, mas as viagens pela emissora o fizeram não ter tempo para concluí-lo. “Sou ex-aluno e todos os meus filhos estudaram aqui. Dois se formaram em Jornalismo e Direito e agora a mais nova está fazendo Arquitetura e Urbanismo”, ressaltou.

A trajetória de Chico José no jornalismo ambiental tem tudo a ver com o tema da Siucs: Ações Inteligentes para uma vida sustentável. O jornalista tem mais de duas mil reportagens, incluindo 89 Globos Repórteres nos cinco continentes. Os polos Norte e Sul e mergulhos nos sete mares já foram cenários de reportagens dele em 37 anos de Rede Globo.  

Chico recebeu uma camisa da loja da Fasa feita com poliéster reciclado de garrafas pet. Foto: Taisa Tavares

Foto: Taisa Tavares

O jornalista deu exemplos das consequências da interferência humana no meio ambiente. Em um deles, Chico citou o exemplo africano da proibição da caça de elefantes que, num passado recente, explorava predatoriamente o marfim de suas presas.

“Hoje os nativos atuam como guia em safáris que só mostram os animais aos turistas. Eles estão ganhando mais dinheiro, em contato com outros idiomas, evoluindo econômica e culturalmente. É a prova de que os animais valem mais vivos do que mortos”.

Foto: Taisa Tavares

Chico criticou o poder público brasileiro em relação a práticas de sustentabilidade. “Os governos, sejam eles estaduais, municipais ou federais, não têm políticas voltadas para proteger o meio ambiente. Pelo contrário, eles saem autorizando todo tipo de projeto e as matas vão sumindo, vão desaparecendo”. Chico recebeu de presente uma camisa da Fasa feita com poliéster reciclado de garrafas pet.

A Siucs continua até a próxima sexta-feira (25). Para mais informações, acesse: www.unicap.br/siucs

Print Friendly
outubro 25th, 2013 Postado por : vieira Arquivado em: Eventos, Notícias, Projetos, Publicações

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta: