Prepósito-Geral da Companhia de Jesus visita a Católica

Fotos: Alex Costa

Fotos: Alex Costa

A Universidade Católica de Pernambuco recebeu, na manhã desta sexta-feira, dia 12, a visita do Geral da Companhia de Jesus, Padre Adolfo Nicolás. Ele é 29º sucessor de Santo Inácio de Loyola, desde que a Companhia de Jesus foi fundada, em 1540. A acolhida aconteceu às 10h no Auditório G1, 1º andar do bloco G.

Visita do Padre Geral à UnicapNo início do evento, Percy Marques, membro do MBP Unicap fez uma apresentação instrumental das músicas Manhã de Carnaval, de Luiz Bonfá e Antônio Maria e Asa Branca de Luiz Gonzaga. Em seguida, a também integrante do MPB Unicap, Surama Reis se juntou ao Percy Marques para interpretar a Ave Maria dos Andores, emocionando o público que lotou o auditório.

Visita do Padre Geral à UnicapO Padre Adolfo Nicolás, 77 anos, fez noviciado na Espanha, em 1953. Estudou Filosofia em Madri, Espanha, e Teologia em Tóquio, no Japão, de 1964 a 1968. Foi ordenado em Sacerdote, em 1967, na capital japonesa, frequentou a Universidade Gregoriana de Roma, entre 1968 e 1971. Regressando ao Japão, foi professor de Teologia Sistemática na Universidade Sophia de Tóquio, até 1978. Seguiu para as Filipinas, de 1978 a 1984. De volta ao Japão, foi Superior da Província Jesuíta Japonesa, entre 1993 e 1999. Desde 2004, Padre Nicolás desempenhava as funções de moderador da Conferência Jesuíta da Ásia Leste e da Oceania e, em 19 de janeiro de 2008, foi eleito Prepósito-Geral dos jesuítas pela 35ª Congregação Geral da Companhia de Jesus.

Visita do Padre Geral à UnicapO Reitor da Universidade Católica de Pernambuco, Padre Pedro Rubens Ferreira Oliveira, deu as boas-vindas ao Padre Geral e aos presentes. Leia abaixo, na íntegra, o texto do Reitor.

Benvindo ao Recife, cidade dos rios e das pontes, das rebeliões libertárias e das manifestações culturais, no coração do Nordeste brasileiro!

Benvindo à Universidade Católica de Pernambuco, a primeira católica do Norte e Nordeste, em seus 70 anos de fundação!

Benvindo a essa comunidade universitária, na qual companheiros jesuítas em colaboração com muita gente, homens e mulheres, de ontem e de hoje, fazem dessa obra um lugar de missão.

Agradeço também a todos vocês que vieram prestigiar essa visita tão importante para nossa universidade: autoridades, bispos, professores, funcionários, estudantes, ex-alunos, parceiros e amigos: Sejam todos muito benvindos!

Em nome de todos os que fazem a Unicap, querido Padre Adolfo Nicolas, Prepósito Geral da Companhia de Jesus, expresso a nossa imensa alegria pela sua visita que muito nos honra e anima.

A título de boas vindas, apresento-lhe três cartões de visita ou três senhas de acesso ao universo de nossa missão comum:

 

1.      Nossa universidade é vertical, apontando para a transcendência de tudo o que fazemos; mas, ao mesmo tempo, nossa atuação vai além dos muros e se horizontaliza em forma de serviço à Igreja em sociedade: o nosso campus é a cidade.
 
2.      A UNICAP cresceu com os desafios e as conquistas dessa região. Aprendemos com as dificuldades a não fazer nada sozinhos: antes ajudados, hoje em parcerias. Nenhum novo projeto da universidade nasce sem a participação de outras instituições:

 

– assim refundamos o Liceu Nóbrega, em parceria com o Estado de Pernambuco;

– assim surgiu a educação popular, em parceria com Fé e Alegria e com o projeto Criança Esperança;

– assim criamos o Instituto Humanitas, em parceria com a Unisinos. Esses e tantos outros projetos atestam o nosso modo de proceder e atuar em redes, nacionais e internacionais.

 

3.      A Universidade Católica de Pernambuco é uma instituição-ponte que articula o serviço público e a iniciativa privada, que reúne ricos e empobrecidos, que valoriza conhecimento científico e saber popular, que relaciona humanidade e transcendência. Nesta cidade onde o encontro dos rios desemboca no mar, a tradição da Unicap é lançada como uma âncora para o futuro. Os sentimentos oceânicos do povo pernambucano juntamente com o Magis inaciano e o universalismo cristão lançam nossa universidade rumo às novas fronteiras.

 

Obrigado pela visita e presença, Padre Geral! Sinta-se também parte dessa história: queira acolher o trabalho dessa universidade como parte de sua missão e cada um de nós como seus colaboradores. E que Deus aceite a nossa missão comum como colaboração à missão do Cristo Jesus.

Muito obrigado!

 

Em seguida, o público assistiu a um vídeo institucional que narra a trajetória dos 70 anos do Projeto Jesuíta no Recife.

Para compor a mesa, foram convidados o Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido; O Reitor da Universidade Católica de Pernambuco, Padre Pedro Rubens; o Provincial dos Jesuítas do Brasil Nordeste, padre Miguel Martins, e o Prepósito Geral da Companhia de Jesus, Padre Adolfo Nicolás.

O cerimonialista Thiago Vasconcelos passou a palavra para o ilustre visitante. “Em virtude dos grandes eventos realizados pela nossa Igreja, como o Magis e a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, nós da universidade católica de Pernambuco temos o privilégio e honra de receber a visita do Padre Adolfo Nicolás, a quem eu convido agora para o seu pronunciamento.”

Visita do Padre Geral à UnicapEm seu pronunciamento, Padre Adolfo Nicolás abordou o tema: “Unicap: na cidade das pontes, uma universidade sem fronteiras”. Cumprimentou os presentes em português e em espanhol apresentou sua palestra.

“A universidade é um campo apostólico privilegiado dos jesuítas na formação da juventude, de forma integral e visando a excelência. A universidade jesuíta, porém não está a serviço da formação de elites como um grupo separado dos problemas da cidade, mas, ao contrário, trabalha a qualidade acadêmica como forma de inclusão social e visa a excelência humana para um maior serviço a esta mesma sociedade. Portanto, uma universidade é um meio concreto para atingir um fim apostólico, a saber, a formação qualificada dos jovens e sua excelência humana para assim contribuirmos na transformação das pessoas e das realidades sociais e históricas, em vista da construção do Reino de Deus.”

“Mas, afinal, porque uma universidade jesuíta aqui no Recife? E no Brasil, país emergente e promissor, até que ponto ainda se justifica a necessidade de atuação jesuíta na educação superior? Quais os desafios do apostolado acadêmico e quais as novas fronteiras da educação? O que distingue uma universidade jesuíta de outras instituições? Quais as perspectivas de futuro de uma universidade católica, jesuíta e comunitária no contexto de uma sociedade cada vez mais laica, um mundo totalmente globalizado e uma economia de mercado que se impõe?”

Visita do Padre Geral à Unicap“Questões que nos habitam e nos interpelam na busca do sentido de nossa missão. Mais que responder a essas perguntas gostaria de refletir com vocês aqui presentes, tanto os jesuítas e colaboradores quanto os amigos e parceiros da Unicap, alguns princípios importantes para situar esta universidade no contexto da nossa missão de serviço à igreja e à sociedade. Em um mundo de muitas e rápidas mudanças, é preciso revisitar os fundamentos de nossa missão e, abertos aos sinais dos tempos, discernir os passos que somos convidados a dar na busca de refundação constante de nossas instituições, em vista do espírito que nos anima.”

Acompanhe o texto na íntegra, clicando aqui.

Visita do Padre Geral à Unicap

Em seguida, o Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido,  falou que era um privilégio, não só da Universidade Católica, mas da Arquidiocese de acolher o 29º sucessor de Santo Inácio de Loyola. “Nós estamos realmente contentes e felizes com as ‘palavras’ belas e tão atuais do Padre Adolfo e dizer para ele, que ele citou nas palavras dele a gratidão que a Universidade de ter essa parceria com a Arquidiocese de Olinda e Recife, onde nossos alunos de Filosofia e Teologia de nossa Arquidiocese, como de outras dioceses da Regional Nordeste 2 e também as congregações religiosas. Mas eu queria dizer para o senhor que nós que agradecemos a Universidade por ter acolhido a proposta que, sem dúvida nenhuma, foi ‘bom’ para todos nós. Nós temos acompanhado de perto a nova realidade que deve estar com três anos de experiência e temos, cada vez mais, consciência de que foi um gesto acertado que constituiu um benefício muito grande para todos nós! Então, estamos contentes, felizes com sua presença, honrados de tê-lo conosco, principalmente agora em que os Jesuítas estão na vanguarda da Igreja, com o Papa Francisco dando um belo exemplo de compromisso com os pobres. Ele está conquistando o mundo inteiro com sua maneira de ser e de conduzir a Igreja. Estamos com muita esperança. Muito obrigado pela sua presença e tenha uma feliz passagem pelo Brasil e que posso continuar cada vez mais ligado a todos nós, sobretudo contribuir, em Roma, para que a gente consiga esse sonho de ter o reconhecimento do curso de Teologia e Filosofia pela Gregoriana. O senhor pode fazer muita coisa por isso”, exclamou Dom Fernando.

Visita do Padre Geral à UnicapO Provincial dos Jesuítas do Brasil Nordeste e ex-Pró-reitor Comunitário da Unicap, Padre Miguel Martins, cumprimentou a todos os presentes dizendo que era uma alegria estar na Unicap novamente e que aqui ele lembra dos três anos que ficou na Pró-reitoria Comunitária que, segundo ele, foram anos abençoados e que tem muita saudade. “Agora, eu vim aqui agradecer as palavras do Padre Geral e eu peço licença a vocês porque vou falar em espanhol”, explicou Padre Miguel.

 

Após sua fala, Padre Miguel Martins convidou os Pró-reitores Comunitário, Administrativo e Acadêmico, Padre Lúcio Flávio Cirne, Luciano Pinheiro Barros e Aline Maria Grego, respectivamente, para homenagear o Padre Adolfo Nicolás.

Visita do Padre Geral à UnicapA Pró-reitora Acadêmica, professora Aline Grego cumprimentou o Padre Adolfo e o ofertou um presente. “Este é um presente que primeiro foi um sonho, hoje ele simboliza um projeto e rezamos e trabalhamos muito para que ele se torne uma realidade com brevidade. Ele é um símbolo do trabalho de muita gente, professores, funcionários, ex-alunos e alguns colaboradores externos que, a exemplo de nós, amam essa Universidade. Estou falando do projeto de Medicina, projeto que o senhor nos apoiou, desde a concepção. Então, ele é um símbolo também dos desafios futuros e do nosso compromisso com a nossa sociedade para formação de profissionais da área de saúde a partir de uma visão humanística, cristã, cidadã que marca o DNA dessa Universidade. Esse é o primeiro exemplar do Projeto Pedagógico do Curso de Medicina da Unicap.”

Visita do Padre Geral à UnicapO Pró-Reitor Administrativo, professor Luciano Pinheiro Barros, também ofertou uma lembrança ao Padre Geral. “Essa pequena lembrança, é o registro da obra do artista Cláudio Pastro no livro de nome Imagens do Invisível. Cláudio Pastro é o artista que inspirou a nova concepção do novo Espaço Celebrativo aqui no campus da Universidade. Então, receba como sinal de gratidão e alegria essa pequena lembrança e muito obrigado por sua presença.”

Visita do Padre Geral à UnicapFinalizando as homenagens, o Pró-reitor Comunitário, Padre Lúcio Flávio Cirne, entregou ao Padre Nicolás uma escultura de um Sanfoneiro feito com material reciclado. “O senhor lembrou muito bem que somos uma Universidade situada no Nordeste, portanto uma Universidade com rosto nordestino, coração nordestino. Mas também foi usada uma imagem simbólica da ponte. Então, nós queremos uma Universidade ponte, unindo, na medida do possível, a nossa tradição com a inovação. Esta escultura, um sanfoneiro, tão típica de nossa região, mas ela é feita de material reciclado, a partir das tampinhas de latas de alumínio. Então, nós queremos oferecer ao senhor essa imagem lembrando o rosto nordestino da nossa Universidade e dessa condição de querer ser ponte entre a tradição e a inovação. Obrigado pela sua presença.”

Visita do Padre Geral à UnicapPadre Adolfo Nicolás pediu a palavra para agradecer a homenagem. “Gostaria de agradecer os presentes.” O Padre Geral comentou, com bom-humor, sobre o grande volume do primeiro exemplar do Projeto Pedagógico do Curso de Medicina da Unicap. Depois completou “eu uso a girafa como símbolo de nossa educação. Queremos educar pessoas girafas. Por que girafas? Porque as girafas, de todos os animais, é o que tem o maior coração. Pesa quatro a cinco quilos o coração de uma girafa, para poder bombear sangue para a cabeça. A girafa tem um coração grande e uma visão alta. Por isso, queremos educar pessoas com um grande coração e uma ambição mais alta pela sociedade e pelo futuro que devemos construir. Muito obrigado”, finalizou o Padre Geral.

Finalizando a acolhida, Padre Lúcio Flávio Cirne ressaltou a que a Unicap está recebendo o Padre Adolfo no momento em que se celebra os 70 anos de história dos Jesuítas em Pernambuco, no Nordeste. Em seguida todos foram seguiram para agenda no campus da Universidade.

Acompanhe a visita do Prepósito-Geral no Campus da Unicap na reportagem de Daniel França, Comunidade acadêmica da Unicap dá as boas-vindas ao Padre Geral dos Jesuítas.

Print Friendly
julho 17th, 2013 Postado por : vieira Arquivado em: Eventos, Notícias, Projetos, Publicações

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta: