Inauguração da Agenda Socioambiental da Católica marca abertura da 23ª Semana Docente e do 7º Fórum de Funcionários

A inauguração da agenda socioambiental da Unicap marcou a abertura da 23ª Semana de Estudos Docentes e 7º Fórum de Funcionários da Católica. A solenidade foi realizada no auditório G2 na noite desta quinta-feira (31). O evento que teve como tema Universidade sustentável: meio-ambiente e qualidade de vida contou com palestra do professor Luiz Felipe Guanaes Rego, da PUC-Rio.

No discurso de boas-vindas, o Reitor da Católica e presidente da Federação Internacional das Universidade Católicas (Fiuc), Padre Pedro Rubens, estabeleceu uma relação entre o tema e a concepção de universidade comunitária. ” Uma universidade sustentável amplia seus conceitos de comunidade e de sustentabilidade na medida que respeita o ambiente e promove a qualidade de vida”.

Padre Pedro ressaltou que a iniciativa tem como inspiração a experiência da PUC-Rio, que desde 2008 vem construindo uma agenda de sustentabilidade e que se tornou referência no assunto. Ao final de sua fala, ele enumerou três itens que servem de ponto de partida para o processo da Católica.

Os 70 anos da criação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Manoel da Nóbrega, uma das instituições que deu origem a Unicap; Ousadia (aqui ele deu como exemplo a criação do curso de Jornalismo há mais de 50 anos que, na época, “contou apenas com um jesuíta visionário, uma sala de aula e uma máquina de escrever. Criamos um curso de algo que ainda nem era profissão. É dessa ousadia que precisamos agora também”);

E por fim a metáfora com um trecho do livro  Cidades Invisíveis, de autoria de Ítalo Calvino, em que os persnagens Marco Polo e Kublai Khan analisam a estrutura de uma ponte.

” – Mas qual é a pedra que sustenta a ponte? – pergunta Kublai Khan

– A ponte não é sustentada por esta ou aquela pedra- responde Marco-, mas pela curva do arco que estas formam.

Kublai Khan permanece em silêncio, refletindo. Depois acrescenta:

– Por que falar das pedras? Só o arco me interessa.

Polo responde:

– Sem pedras o arco não existe.

Portaria que oficializa a agenda socioambiental da Unicap

Duarante a solenidade, os pró-reitores aproveitaram o momento para compartilhar informações importantes desse começo de ano letivo. A Pró-reitora Acadêmica, professora Aline Grego, falou das mudanças nos centros e coordenações de cursos, além da recondução de cargos. Já o Pró-reitor Administrativo, professor Luciano Pinheiro, falou sobre a reforma e climatização do bloco B. “Obra financiada pela Conferência Episcopal Italiana”. O Padre Lúcio Flávio, Pró-reitor Comunitário, leu a portaria que oficializa a criação do grupo de trabalho que será responsável pela implantação da agenda socioambiental da Unicap (veja ao lado a foto do documento).

Palestra –   A experiência de universidade sustentável da PUC-Rio foi o tema central da palestra ministrada pelo professor Luiz Felipe Guanaes Rego. Para ele, o nosso modelo civilizatório está em xeque e é preciso buscar novos paradigmas de relação com meio-ambiente. “Chegamos a um momento em que a sociedade planetária precisa rever a forma de interagir com os recursos naturais”.

Guanaes falou da vivência do Núcleo Interdiscilplinar de Meio-Ambiente (Nima). “No começo foi difícil. Nunca chegávamos a um consenso. Depois enxergamos que a falta de consenso era parte da solução dos problemas “.

Ele contou também que a comunidade acadêmica se organizou em pequenos grupos que compunham “um grande grupo” que fez o mapeamento da universidade. A agenda está disponível no site www.nima.puc-rio.br. “Nossa iniciatica já gerou 35 dissertações de mestrado”, acrescentou Guanes que se mostrou otimista quanto ao futuro ambiental da Terra. ” O ser humano sempre se reiventa. As novas gerações terão mais capacidade de transformar seu comportamento. Mesmo assim, nós, enquanto professores, precisamos rever  nossa estrutura de formação dos alunos”.

Print Friendly, PDF & Email
fevereiro 04th, 2013 Postado por : vieira Arquivado em: Eventos, Notícias, Projetos

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta: