20 anos do massacre do Carandiru

Há vinte anos o Brasil vivenciava uma das piores chacinas da sua historia. No dia 2 de outubro de 1992, depois de uma pequena desavença entre dois presos do pavilhão 9 da Casa de Detenção de São Paulo, esse mesmo espaço tornou-se cenário de um dos episódios mais sangrentos da história penitenciária mundial. O massacre do Carandiru, como foi popularizado pela imprensa, causou a morte de cento e onze detentos pela Polícia Militar do Estado de São Paulo.
Depois de duas décadas dessa “página infeliz de nossa história”, ninguém foi responsabilizado pelos assassinatos até o momento. Os principais responsáveis seguem impunes. O Estado de São Paulo e o próprio Estado Brasileiro insistem em não cumprir as importantes recomendações feitas pela Corte Interamericana de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos) relacionadas ao ocorrido.
Hoje 02 de outubro de 2012, quando o relógio marcar 11 horas, alguns grupos no Brasil lembrarão dos 20 anos de impunidade dos policiais envolvidos no massacre do Carandiru.

Veja as recomendações da Corte Interamericana de Direitos Humanos da OEA [aqui]

outubro 01st, 2012 Postado por : vieira Arquivado em: Eventos, Notícias, Publicações

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta:

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios*