Instituto Humanitas sedia jornada sobre estudos de drogas

Foto: Carolina Nogueira

Presidente da ABEAD

O Instituto Humanitas Unicap sediou, na manhã desta quinta-feira (30), a X Jornada Unicap e IV Jornada Regional de Estudos do Álcool e outras Drogas (Abead), que teve como tema Drogas, Violência e Cidadania.. O evento, realizado no auditório G2, foi organizado pelo Instituto Humanitas e pela Clínica de Psicologia da Unicap, a Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas – ABEAD, com o Assista, Espaço Família e o Ministério Público de Pernambuco.

A mesa de abertura contou com as presenças do Pró-reitor Comunitário e Coordenador do Instituto Humanitas Unicap, Padre Lúcio Flávio Ribeiro Cirne; do presidente da ABEAD, Dr. Joaquim Ferreira de Melo Neto; pela cordenadora do CAOP Infância e Juventude/MPPE, Drª Ana Carolina Magalhães.

Supervisor Técnico do Programa Atitude

O Padre Lúcio agradeceu a presença de todos, ressaltou a importância do tema ser debatido e parabenizou a Clínica de Psicologia pela Jornada. DrªAna Carolina agradeceu o convite e comentou que o uso de drogas é um problema em todo o estado. “É um problema que vai de Fernando de Noronha até Afrânio, última cidade de Pernambuco”, ressaltou. Já o Dr. Joaquim falou sobre novas formas de pensar e enfrentar o problema. O presidente da ABEAD criticou as propagandas de cervejas, que sempre mostram um rapaz sarado com muitas mulheres bonitas em volta. Ele também criticou bares perto das escolas, e pediu uma melhor fiscalização. Finalizando, enfatizou a importância de uma vida saudável e de praticar esportes, além de um diálogo aberto e franco sobre o assunto nas famílias.

Em seguida, houve outra conferência com Paulo de Tarso Melo, supervisor técnico do Programa Atitude do Governo do Estado, na cidade do Cabo de Santo Agostinho. Ele explicou como funciona o Atitude Acolhimento e Apoio, que  consiste na modalidade de casa de passagem, com funcionamento 24h, sendo um espaço de acolhimento a usuários de drogas e seus familiares. A capacidade é de 30 atendimentos durante o dia e 10 no período da noite. Atualmente, ele já é realidade nos municípios do Caruaru, no Agreste; no Recife, Cabo de Santo Agostinho e Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana; e na cidade de Floresta, no Sertão. Há também o Atitude de Rua, que funciona com três carros adaptados com uma equipe composta por psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros e educadores, realizando atendimento nas principais comunidades da região. Cada unidade móvel acompanha 50 pessoas. Após as explicações, as pessoas da plateia fizeram perguntas.

Print Friendly
setembro 04th, 2012 Postado por : vieira Arquivado em: Eventos, Notícias

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta:

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios*