Javier Giraldo, jesuíta, ameaçado de morte na Colômbia

Fonte IHU Unisinos

Desde do mês de abril, Javier Giraldo, jesuíta e pesquisador do Centro de Pesquisa e Educação Popular – CINEP, com sede em Bogotá, recebe ameaças de morte por meio de grafites pintados em diversos lugares de Bogotá. Giraldo, denunciou mais de 200 crimes e assassinatos cometidos pelo Exército nacional, os paramilitares e a guerrilha na Comunidade de Paz de San José de Apartado.

A notícia é de Entreculturas, 26-05-2010.

CINEP acredita que as ameaças contra Giraldo são uma resposta ao seu indeclinável compromisso com as vítimas desta violência.

Por isso CINEP, como instituição da Companhia de Jesus, pede que o Governo Nacional investigue quem são os responsáveis destas ameaças e defina com claridade as medidas de proteção que oferece às pessoas ameaçadas, sem o que não pode existir uma garantia real para os que trabalham na defesa dos direitos humanos.

Print Friendly, PDF & Email
maio 26th, 2010 Postado por : admin Arquivado em: Notícias

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta:

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios*