IMIGRAÇÃO INTERNACIONAIS: uma análise das reportagens locais que enfocam as causas do fenômeno em Pernambuco neste Século

Por Marco Aurélio Farias da Silva [1]

A migração internacional no Século XXI tomou uma grande dimensão em função do número de pessoas em deslocamento, bem como importância, em razão da possibilidade de ser uma alternativa às crises diversas que surgiram nos últimos anos. Assim, o artigo tem por objetivo analisar algumas reportagens sobre a imigração internacional em Pernambuco, procurando identificar as causas dessa imigração, seja de atração ou de repulsão, sobretudo porque esta Unidade da Federação passou por um longo período sem perceber a presença de pessoas de outras nacionalidades em seu território. Antes da realização dos destaques que serviram de súmulas, foram elaboradas as categorias e subcategorias das causas migratórias, ao final, os resultados foram obtidos conforme a análise de conteúdo consoante a doutrina de Bardin (2016). As reportagens foram selecionadas a partir da revelação dos fatores das causas migratórias e, na sequência, efetuados os destaques sobre a parte do texto que revela o motivo da migração e possíveis circunstâncias. Além da classificação em categorias e subcategorias previamente definidas, e os fragmentos dos depoimentos receberam um apoio doutrinário, quer corroborando com as afirmações dos imigrantes, quer apresentando alternativas no resultado da interpretação. Ao final, apresenta-se uma conclusão que a aponta para a necessidade de construção de políticas públicas para uma migração segura, ordenada e regular, que envolva os gestores públicos, privados e a sociedade pernambucana considerando os paradigmas internacionais. 

Leia o artigo na integra [AQUI]


[1] Procurador de Justiça do Ministério Público de Pernambuco. Professor de Direito na Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco. E-mail: marcodhsilva@gmail.com.

Partilhar
junho 22nd, 2020 Postado por : vieira Arquivado em: Notícias, Publicações

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta:

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios*

X