O Instituto Humanitas Unicap está de LUTO pela morte do Pe Ferdinand Azevedo

É com profundo pesar que a Universidade Católica de Pernambuco comunica o falecimento do Padre Ferdinand Azevedo, mais conhecido na comunidade acadêmica como Padre Ferdinando. Ele foi encontrado sem vida num apartamento de repouso dos jesuítas no bairro do Janga, em Paulista, onde fazia seu retiro espiritual sozinho todos os anos. Padre Ferdinando tinha 72 anos e nasceu nos Estados Unidos em 8 de julho de 1938.

Padre Ferdinando Azevedo era graduado em Filosofia pela Gonzaga University (1963), tinha mestrado em História pela Loyola University of Los Angeles (1968) e doutorado em História pela The Catholic University of América (1974). Atualmente era pesquisador da Unicap e professor do Mestrado em Ciências da Religião. Ele coordenava também o Instituto de Pesquisa Padre Nogueira Machado, vinculado à Pró-reitoria Acadêmica da Unicap.

Durante sua trajetória acadêmica, ele deu ênfase às pesquisas sobre História do Brasil, atuando nos seguintes temas: sociedade, política e espiritualidade. Em reconhecimento à sua contribuição à educação, a Assembleia Legislativa de Pernambuco lhe concedeu o título de Cidadão Pernambucano em 1997.

Padre Ferdinando entrou na Companhia de Jesus em 14 de julho de 1957 e foi ordenado padre em 20 de junho de 1970. Cinco anos depois, ele chegou à Universidade Católica de Pernambuco para atuar como professor de História das Américas. No segundo semestre de 1975, ele assumiu a direção da  Biblioteca Central da Unicap, cargo que ocupou até 1986. Padre Ferdinando foi Pró-reitor Administrativo (1987-1990); Pró-reitor Comunitário (1991-1995); e Provincial dos Jesuítas do Nordeste (1996-2001). Em 2007, Padre Ferdinando celebrou 50 anos de sacerdócio.

Ele era reconhecido na comunidade acadêmica como um grande pesquisador, tendo escrito diversos livros e artigos científicos. Entre as obras, estão dois livros sobre a História da Companhia de Jesus no Nordeste. Padre Ferdinando tinha uma enorme satisfação em dividir o seu conhecimento adquirido ao longo de décadas, contribuindo para a formação de novas gerações de pesquisadores.

No ano passado, seu orientando do Programa de Iniciação Científica, o aluno do curso de História Aramis Macêdo Leite Júnior, conquistou o primeiro lugar geral na 12ª Jornada de Iniciação Científica da Unicap. A pesquisa desenvolvida juntamente com a estudante de História Luisa Ximenes Santos analisava a relação entre Joaquim Nabuco e o Dia Nacional de Ação de Graças celebrado no Brasil. O estudo fez parte das ações pelo centenário de morte do abolicionista pernambucano. Veja mais sobre o assunto clicando aqui (http://www.unicap.br/assecom1/?p=13018).

Publicado pela ASSECOM Unicap

Print Friendly
janeiro 18th, 2011 Postado por : admin Arquivado em: Notícias

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta: