11ª Consciência Negra da Unicap

“SEM IGUALDADE RACIAL NÃO HÁ DEMOCRACIA”

NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS E INDIGENA (NEABI)

PROGRAMAÇÃO (I)

1º de novembro: Abertura oficial do “Mês da Consciência Negra de Pernambuco” com a realização da 12ª Caminhada dos Terreiros de Pernambuco”, pelas ruas do Recife Antigo até o Pátio de São Pedro. Este ano, o tema das ações do mês de novembro será “Pernambuco no Desenvolvimento de Políticas Públicas para a Efetivação da Igualdade Racial“.

6 de novembro

Realização da primeira “Terça Negra” da série especial deste mês.

7 de novembro

Abertura da Semana da Consciência Negra organizada em parceria com o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros do Instituto Histórico e Geográfico da Vitória de Santo Antão (IHGVSA). Capoeira, desfile afro, confraternização. Tema desta Semana: “As Conquistas e os Retrocessos dos Direitos da População Negra”.
Local: Sede do IHGVSA em Vitória de Santo Antão-PE, às 19h

8 de novembro

Palestras: “As Conquistas e os Retrocessos dos Direitos da População Negra
Convidados:
1) Lívia Sant’Anna Vaz é uma jurista brasileira, que atua como promotora de Justiça. Ela é coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Proteção dos Direitos Humanos e Combate à Discriminação do Ministério Público do Estado da Bahia. Destaca-se sua atuação em relação a temas como feminicídio e igualdade racial.
2) Lidivaldo Britto é um jurista brasileiro, ex-promotor do Ministério Público da Bahia, ex-procurador do estado da Bahia e atual desembargador do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia. Foi um dos articuladores e primeiro coordenador do Grupo de Atuação Especial de Proteção dos Direitos Humanos e Combate à Discriminação do Ministério Público do Estado da Bahia.
Local: Sede do IHGVSA em Vitória de Santo Antão-PE, às 19h

9 de novembro

Roda de Diálogo com jovens negros e negras dos Coletivos Marielle Franco (estudantes negros e negras da Unicap) e Negrex (estudantes negros e negras de medicina), com os convidados: Lívia Sant’Ana Vaz e Lidivaldo Britto.
Local: Sala de Conferência, 505 do Bloco G, 5º andar,às 10h

10 de novembro

Encontro Regional de Mulheres Negras do Nordeste em parceria com a Rede de Mulheres Negras do Nordeste
Local: Anfiteatro e Salas do Bloco G4 da Unicap, das 8h às 17h

20 de novembro

11º “Sarau Preto com as participações de Marinho, Lucas dos Prazeres, Surama Reis e convidados.
Local:
 Jardins em frente a Biblioteca, das 17h às 18h30 

2) Roda de Diálogo com o tema “Sem Igualdade Racial não há Democracia”, coordenada por Pe. Clovis Cabral, atual coordenador do NEABI/UNICAP.
Local
Auditório Dom Helder Câmara no Bloco A da Unicap
Inscrições (para certificação): Clique AQUI

21 de novembro

1)   “Uma Introdução à Teologia Negra
Curso ministrado por Ronilso Pacheco (1º dia), 
teólogo formado pela PUC-RJ, jovem pastor batista no Rio de Janeiro, é articulador social pelo Viva Rio, ativista. Autor do livro: “Ocupar, Resistir, Subverter: igreja e teologia em tempos de violência, racismo e opressão“.  O Curso será certificado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Unicap.
Local: Sala 603 do Bloco G4 da Unicap, das 17h às 21h

2) Seminário “Vidas negras: diálogos sobre ações governamentais de enfrentamento a violência contra a juventude
Organizado pela
Prefeitura da Cidade do Recife (PCR) e pela Organização das Nações Unidas(UNU-BR),este Seminário tem o apoio institucional da Unicap através do NEABI.
Local: Auditório Dom Helder Câmara no Bloco A da Unicap, das 8h às 17h

3) “Oração Alumiar” enculturada em estilo afro-brasileiro
Será um momento de experiência de oração inspirada na tradição da Comunidade de Taizé, que é uma pequena aldeia francesa onde em 1940 foi fundada a única comunidade monástica do mundo que reúne católicos e protestantes…. “Passa-se em Taizé como por uma fonte“, disse o Papa João Paulo II quando ali esteve em 5 de outubro de 1986: “O viajante detém-se, refresca-se e continua o seu caminho. Os irmãos da comunidade, como sabeis, não querem reter-vos. O seu desejo é que possais, na oração e no silêncio, beber da água viva prometida por Cristo, conhecer a sua alegria, discernir a sua presença, responder à sua chamada e, de regresso a casa, dar testemunho do seu amor, servir os vossos irmãos nas paróquias, escolas, universidades e lugares de trabalho.”. Venha beber nas fontes da espiritualidade cristã com “sabor afro-brasileiro
Local: Capela da Unicap, às 18h

22 de novembro

1) “Uma Introdução à Teologia Negra” (2º dia)
Local: Sala 603 do Bloco G4 da Unicap, das 17h às 21h

2) Seminário “Vidas negras: diálogos sobre ações governamentais de enfrentamento a violência contra a juventude” (2º dia)
Local: Anfiteatro do Bloco G4 e nas Salas 601,602,603,604 e 605 do Bloco G4 (manhã e tarde)
Sala de Conferência 505, no 5º Andar do Bloco G (noite)

3) No Liceu-Nóbrega
Palestra ”Cultura Africana e Cultura Afro-brasileira
Horário:  10h20 às 11h10 (para os alunos do ensino fundamental)
Plaestra “
Juventude Negra: para uma política de enfrentamento das desigualdades
Horário: 11h10 às 12h (para os alunos do ensino médio)

23 de novembro

Roda de Diálogo sobre “Direitos humanos, combate ao racismo e feminismos
Organizado em parceria com a Rede Nacional de Feministas, o Instituto Vladmir Herzog e Usina de Valores.
Convidados:
– Ronilso Pacheco: É teólogo formado pela PUC-RJ, jovem pastor batista no Rio de Janeiro, é articulador social pelo Viva Rio, ativista. Autor do livro: “Ocupar, Resistir, Subverter: igreja e teologia em tempos de violência, racismo e opressão
– Esther Solano: Possui Mestrado e doutorado em Ciências Sociais pela Universidad Complutense de Madrid. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de São Paulo no curso de Relações Internacionais e professora do Mestrado Interuniversitário Internacional de Estudos Contemporâneos de América Latina da Universidad Complutense de Madrid. Membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Tem experiência na área de Sociologia, com os temas principais de movimentos sociais e conflitos urbanos
Local: Auditório G1 (1º andar da Unicap), das 18h às 21h

26 e 27 de novembro

A Universidade acolhe e apoia o 12º Encontro Pernambucano de Mulheres de Terreiro – APEJO EKEJILÁ.
Local:
Auditório Dom Helder Câmara (térreo do Bloco A), das 8h às 17h

novembro 20th, 2018 Postado por : Jose Maria Arquivado em: Eventos, Notícias

Seja o primeiro a comentar Deixe uma resposta:

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

X