Matematica

Sobre o Curso                                                                                                                                                                                          Atualizado em 04/10/2017

 

Sobre o Curso

Modalidade: Licenciatura Plena
Reconhecimento:
Decreto nº 25.129, de 25.06.1948. Publicação: DOU, 03.07.1948
Turnos Oferecido:
Noite
Carga horária:
3.035 horas
Duração do curso:
08 períodos, mínimo; 14 períodos, máximo
Créditos:
186 créditos obrigatórios
Coordenação:
Prof. José Carlos Argemiro da Silva
(argemiro@unicap.br)
Secretaria do curso:
Bloco D – 1 º andar – fone: (81) 2119-4180

Objetivos

O curso de Matemática tem como objetivo central desenvolver características próprias do educador matemático, tais como raciocínio lógico, visão crítica e capacidade de resolver problemas. Prioriza, no processo de ensino-aprendizagem, uma abordagem da Matemática como instrumento que possibilite a resolução de questões advindas da prática social. O matemático poderá desenvolver pesquisas e continuar seus estudos na pós-graduação: especialização, mestrado e doutorado.

Perfil Profissional

O licenciado em Matemática será um profissional capaz de apresentar um bom domínio de conteúdos matemáticos; utilizar métodos pedagógicos diferentes no exercício de sua prática profissional; integrar vários campos da matemática para elaborar modelos, resolver problemas e interpretar dados; compreender e elaborar argumentação matemática; trabalhar com conceitos abstratos na resolução de problemas; discorrer sobre conceitos matemáticos, definições, teoremas, exemplos e propriedades; comunicar idéias e técnicas matemáticas; analisar criticamente textos matemáticos e redigir formas alternativas; interpretar e representar graficamente; possuir visualização geométrica; fazer uso de novas tecnologias; ser agente de transformação na escola.

Mercado de Trabalho

O licenciado em Matemática está qualificado para atuar nos ensinos Fundamental e Médio. Esse profissional pode trabalhar em empresas públicas ou privadas, quais sejam: indústrias, instituições de ensino e organizações, ministrando aulas, assumindo cargos de direção, atuando como apoio nas áreas tecnológicas.

Atividades Complementares

As Atividades Complementares são componentes curriculares de caráter científico, cultural e acadêmico cujo foco principal é o estímulo à prática de estudos independentes, transversais, opcionais e interdisciplinares, de forma a promover, em articulação com as demais atividades acadêmicas, o desenvolvimento intelectual do estudante, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho. Quando são efetivadas de acordo com as diretrizes da UNICAP, aprovadas pela Resolução CONSEPE/UNICAP nº 009/2005 de 06.05.2005, e promovem a aquisição de conhecimento e o desenvolvimento de competências e habilidades, verificados por meio de avaliação, serão validadas academicamente pela UNICAP, mesmo se realizadas em situações de aprendizagem fora da Universidade, desde que vinculadas ao mundo do trabalho e à prática social.

Estágio Supervisionado

O estágio é desenvolvido nas escolas de ensino Fundamental e Médio, conforme estabelecido nas Diretrizes Curriculares Nacionais.

Programas de Extensão

A extensão é entendida como prática acadêmica que aproxima a Universidade, nas suas atividades de ensino e pesquisa, às demandas da sociedade na qual ela está inserida, possibilitando, assim, a formação do profissional cidadão e caracterizando o ambiente universitário como espaço privilegiado de produção do conhecimento significativo para superação das desigualdades sociais existentes.
Dentre os programas de Extensão desenvolvidos, destacam-se:

  • Cursos, Conferências, Seminários
  • Atividades Artístico-Culturais
  • Atividades Desportivas
  • Assistência à Saúde
  • Assistência Espiritual e Religiosa
  • Assistência Estudantil
  • Assistência Social
  • Assistência Jurídica Gratuita
  • Assistência Psicológica e Fonoaudiológica
  • Apoio aos Movimentos Populares
  • Unicap para a 3ª Idade
  • Projeto Horizonte

Iniciação à Docência

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) – PIBID/UNICAP foi implantado em 2012. Trata-se de um programa em que os estudantes do curso de Licenciatura se dediquem ao estágio nas escolas públicas, com o objetivo é antecipar o vínculo entre os futuros mestres e as salas de aula da rede pública. O programa conta com coordenadores de áreas do conhecimento, alunos dos cursos de licenciatura e supervisores, que são os professores das disciplinas nas escolas onde os estudantes universitários vão estagiar. Todos os integrantes do projeto recebem bolsa da CAPES.

Iniciação Científica

O Programa Institucional de Base de Iniciação Científica – PIBIC/UNICAP foi implantado em 1998. Desde então, têm-se realizado as Jornada de Iniciação Científica e a Mostra de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão, mobilizando as comunidades interna e externa. A partir de 2003, tais eventos foram reunidos e fazem parte da Semana de Integração Universidade-Sociedade. O PIBIC/UNICAP conta com 330 bolsas da própria instituição, nos moldes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), 30 bolsas do PIBIC/CNPq e 12 bolsas de Iniciação Científica da Fundação de Amparo à Ciência e à Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE) por demanda espontânea.

Intercâmbio Estudantil

O Programa de Intercâmbio Estudantil oferecido pela UNICAP visa a propiciar aos alunos uma experiência acadêmica, durante um ou dois semestres, numa IES nacional ou internacional, através de convênios de cooperação mútua educacional. Esse Programa tem sua origem nas diretrizes da AUSJAL – Associação de Universidades confiadas à Companhia de Jesus na América Latina, que propõe a integração dos estudantes de IES jesuítas latino-americanas, como modalidade complementar de sua formação. Por outro lado, a UNICAP recebe estudantes estrangeiros das IES conveniadas que desejem realizar estudos de graduação por um ou dois semestres.

Processos de Avaliação

Acompanhamento e avaliação do Projeto Pedagógico do curso:

Avaliação Institucional

A UNICAP está realizando a auto-avaliação conforme o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), estabelecido pela Lei nº 10.861, de 14.04.2004.

Avaliação do Aluno

A avaliação é concebida como um dos mecanismos de acompanhamento da aprendizagem do aluno e se realiza de forma processual e diagnóstica, cujo o objetivo é atuar preventivamente na melhoria do desempenho dos alunos.

Regime de Aprovação

O regime de aprovação em cada disciplina obedece ao Regimento da UNICAP.

Laboratório

O Laboratório

Laboratório de Ensino de Matemática (LEM): configura-se como recurso metodológico e tem uma dupla finalidade: favorecer a formação inicial dos alunos, futuros professores de Matemática, e contribuir para o desenvolvimento profissional dos professores formadores, por meio de atividades de formação continuada em serviço. Ao mesmo tempo que favorece a integração entre as disciplinas de formação pedagógica e as de formação profissional, ou seja, a integração entre os Cursos de Pedagogia e Matemática. O laboratório está equipado com 10 micro computadores e com jogos educativos, especialmente selecionados pelo corpo docente, que favorecem o raciocínio lógico da Matemática e da Geometria na Educação Básica, além de contribuir para estimular a criatividade dos alunos na confecção/construção de outros materiais didático-pedagógico.

Matriz Curricular

Baixe o Arquivo

Matemática – Noite

Grade e Corpo Docente
Matemática
Lei nº 13.168, de 06 de outubro de 2015.