Passagem do Primeiro Zepellin ao Brasil completa 85 anos

Passagem do Primeiro Zepellin ao Brasil completa 85 anos

Por Julianna Torezani

Graf Zeppelin LZ-127 sobrevoando a Rua da Aurora, no bairro da Boa Vista, na década de 1930. Ao longe, é possível ver a torre e a cúpula da Faculdade de Direito do Recife e, em primeiro plano, os sobrados da Aurora. (Revista: O Cruzeiro. Ano II. Nº 84].

Fonte: http://blogs.ne10.uol.com.br/mundobit/2015/05/15/retrobit-primeira-viagem-do-zeppelin-ao-brasil-completa-85-anos

O Zeppelin

No dia 22 de maio deste ano completa 85 anos que o dirigível alemão Graf Zeppelin LZ 127 passou pelo Brasil, em especial pela cidade de Recife. Nesta viagem, o Zeppelin cruzou entre três a quatro dias o Atlântico pela primeira vez, vindo da Europa. Era uma espetacular invenção já que no início do século XX fez uma viagem ao redor do mundo com seus236 metrosde comprimento e30 metrosde diâmetro, se deslocava a uma velocidade de110 quilômetrospor hora, levava entre20 a25 passageiros (entre a alta burguesia e grandes industriais). De acordo com Paulo Floro (2015), “a cidade mantém intacta a torre de atracamento, única no Brasil, aberta à visitação no parque científico no bairro do Jiquiá”. O dirigível se caracteriza como um hotel no ar, pois possuía suítes, banheiros, salas de estar e salas de jantar.

Graf Zeppelin LZ-127 sobrevoando o bairro de Santo Antônio. Recife, década de 1930. É possível ver o Palácio da Justiça, à época, recém-inaugurado, e parte do Liceu de Artes e Ofícios. Observar que ainda não havia a Av. Dantas Barreto. Suástica no dirigível mostra força do nazismo da época. (Acervo do Museu da Cidade do Recife).

Fonte: http://blogs.ne10.uol.com.br/mundobit/2015/05/15/retrobit-primeira-viagem-do-zeppelin-ao-brasil-completa-85-anosr

Vista aérea da Ilha do Recife em 1930, fotografia tirada a partir do Graff Zepellin.

Fonte: http://srfsilva.blogspot.com.br/2011/11/recife-em-fotos-dos-seculos-xix-e-xx.html

Zepellin sobre a Delegacia do Trabalho, começo dos anos l930.

Fonte: http://srfsilva.blogspot.com.br/2011/11/recife-em-fotos-dos-seculos-xix-e-xx.html

As imagens

Ainda bem que esta passagem foi registrada através de fotografias, que se tornaram selos e cartões postais. Estas imagens podem ser encontradas nos acervos iconográficos do Fundação Joaquim Nabuco (no Bairro de Apipucos) e no Museu da Cidade de Recife (localizado no Forte São Tiago das Cinco Pontas). O zeppelin pousou em 22 de maio de 1930 às 19:28 horas vindo da Sevilha, Espanha.

Atracação do Zeppelin no Campo do Jiquiá. Recife, década de 1930. O Estado deu apoio total à construção das instalações do pouso. (Fritz Dettmann. Zeppelin – Gestern und Morgen – Geschichte der deutschen Luftschiffahrt von Friedrichshafen bis Frankfurt am Main / Acervo Jobson Figueiredo).

Fonte: http://blogs.ne10.uol.com.br/mundobit/2015/05/15/retrobit-primeira-viagem-do-zeppelin-ao-brasil-completa-85-anos

Graff Zepellin chegando ao Campo do Jiquiá. Essa torre ainda existe.

Fonte: http://srfsilva.blogspot.com.br/2011/11/recife-em-fotos-dos-seculos-xix-e-xx.html

 

O livro

Em 22 de maio será lançado o livro “O Zeppelin no Recife” com 30 imagens escolhidas pelo historiador Dirceu Marroquim e pelo artista plástico e restaurador Jobson Figueiredo no Museu da Cidade de Recife, nesta data também será aberta a mostra com o mesmo título que fica em cartaz até 26 de junho, com projeções, fotografias e músicas da década de 1930 do século XX. São imagens feitas pelos tripulantes do veículo aéreo. “O prefeito à época, Francisco da Costa Maia chegou a decretar feriado municipal e a cidade vivia um clima de festa. Segundo registros em jornais, cerca de 15 mil pessoas e dois mil veículos foram até o Jiquiá presenciar a chegada do dirigível”, conta Paulo Floro (2015).

Detalhe do desembarque dos passageiros do Zeppelin no Campo do Jiquiá. Recife, década de1930. Aimagem foi clicada da cabine do dirigível. Segundo Carl Bruer, que desembarcou do Zeppelin em1931, atripulação que os esperava em terra usava uniformes e capacetes de incêndio e trabalhava de forma rápida e, em um curto período de tempo, o Zeppelin estava ancorado. (Acervo Jobson Figueiredo).

Fonte: http://blogs.ne10.uol.com.br/mundobit/2015/05/15/retrobit-primeira-viagem-do-zeppelin-ao-brasil-completa-85-anos

Zepellin sobrevoando o Diário de Pernambuco no começo do anos 1930.

Fonte: http://srfsilva.blogspot.com.br/2011/11/recife-em-fotos-dos-seculos-xix-e-xx.html

Única existente no mundo, a torre de atracação do Zeppelin, no Jiquiá, teve a obra de restauração concluída em 2013.

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Fonte: http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/geral/noticia/2015/05/21/primeiro-pouso-do-zeppelin-no-recife-completa-85-anos-182144.php

Referências:

ALVES, Cleide. Primeiro pouso do Zeppelin no Recife completa 85 anos. Disponível em: http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/geral/noticia/2015/05/21/primeiro-pouso-do-zeppelin-no-recife-completa-85-anos-182144.php Acesso em: 21 mai. 2015.

FLORO, Paulo. Retrobit: primeira viagem do Zeppelin ao Brasil completa 85 anos. Disponível em: http://blogs.ne10.uol.com.br/mundobit/2015/05/15/retrobit-primeira-viagem-do-zeppelin-ao-brasil-completa-85-anos/. Acesso em: 21 mai. 2015.

SILVA, Ramos. Recife em fotos dos séculos XIX e XX. Disponível em: http://srfsilva.blogspot.com.br/2011/11/recife-em-fotos-dos-seculos-xix-e-xx.html Acesso em: 21 mai. 2015.

 

 

Esta entrada foi publicada em Artigo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *