Missões, Religião e Cultura

O professor Carlos André é amigo, parceiro e colaborador nosso, do Grupo de Pesquisa Religiões, Identidades e Diálogos, e um dos organizadores do Livro Missões, Religião e Cultura: estudos de história entre os séculos XVIII e XX, que está sendo publicado agora e conta com a participação de integrantes do nosso Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Unicap. Uma publicação organizada em parceria dos membros do Laboratório de Estudos da História das Religiões (LEHR – Universidade de Pernambuco) e do Centro de Estudos em Historia Cultural das Religiões (CEHIR – Universidade Estadual de Campinas). A coletânea conta com a participação de pesquisadores de instituições dos EUA, Portugal, Inglaterra e Brasil, com discussões sobre a administração, as negociações e as ações missionárias em diversos espaços de atuação dos católicos e protestantes.

No livro as missões não são analisadas como causa ou efeito da descoberta do Novo Mundo. Não são um problema cronológico ou causal e sim um problema cosmológico, antropológico e histórico. Não é apenas um aspecto da cristianização do mundo. É um caminho sistemático, complexo, inter-relacional, duradouro, cheio de imprevistos, mas que estabeleceram redes sociais e simbólicas que acabaram colocando as ortodoxias religiosas em crise diante do pluralismo imprevisível que surgiu com novas línguas, culturas e desafios comunicacionais.

Os interessados podem adquirir a obra nas principais livrarias do país ou pelo e-mail (carlos.andre@upe.br) com um desconto especial. Abaixo segue o sumário:
 
Missões, Religião e Cultura: estudos de história entre os séculos XVIII e XX
 
SUMÁRIO
 
Apresentação – contribuição para os estudos culturais das missões religiosas
Eliane Moura da Silva
 
O Cristianismo mundial como um movimento feminino
Dana L. Robert
 
Parte I – Missões, administração e intelectuais católicos (Séculos XVIII – XX)
 
Conflitos, legislação e administração dos bens das missões jesuíticas na Capitania de Pernambuco e suas anexas na segunda metade do XVIII
Roberto Barros Dias
Welber Carlos Andrade
 
“Escutai […] a voz do vosso pastor”: o Bispo Perdigão e os cabanos. Negociação, conflito e missão pacificadora no Norte do Império Brasileiro (1832-1835)
Flavio José Gomes Cabral
 
Entre a estratégia e a tática: o catolicismo plural e o governo episcopal de D. Antônio Ferreira Viçoso (1844-1875)
Gustavo de Souza Oliveira
 
Leigos “conservadores” católicos nas últimas décadas do Brasil imperial
Ítalo Domingos Santirocchi
 
Intelectuais e militantes: Manuel Gonçalves Cerejeira e “a Reacção católica no Brasil” dos anos 1920
Sérgio Ribeiro Pinto
 
Negociações entre o Estado Português e a Santa Sé: a formação de um regime concordatário e a expansão das missões em África (1938 – 1940)
Carlos André Silva de Moura
 
Os Rapazes e a Guerra: a trajetória da Escola Industrial de Carapira (Moçambique) nos anos de 1964 a 1992
Patrícia Teixeira Santos
 
Parte II – Missões católicas e protestantes no Brasil, Angola e Moçambique
 
A política educativa colonial e a disputa das missões católicas e protestantes em Angola (XIX-XX)
Giselda Brito Silva
 
O Lobo da Escócia: Robert Kalley, a primeira Igreja Evangélica Brasileira e as suas contribuições ao protestantismo no país
Newton Darwin de Andrade Cabral
Edjaelson Pedro da Silva
 
Salvar e Curar: a missão do médico presbiteriano Walter Welcome Wood no Brasil
Ester Fraga Vilas-Bôas Carvalho do Nascimento
Jorge Carvalho do Nascimento
José Roberto de Souza
Tâmara Regina Reis Sales
 
“Tornando ao sertão”: o missionário e viajante Lewis Malen Bratcher e os discursos acerca das supostas necessidades de evangelização dos sertanejos na Amazônia em 1939
Paulo Julião da Silva
 
Missões católicas e protestantes no Planalto Central angolano: continuidades e descontinuidades
Iracema Dulley
 
Batistas brasileiros em Moçambique: cultura, política e missionarismo no colonialismo tardio e no pós-independência
Harley Abrantes Moreira
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *