UNESCO lança a Academia Mundial de Habilidades para aumentar a empregabilidade de 1 milhão de jovens à medida que a recessão se aproxima

A UNESCO está lançando a Academia Mundial de Habilidades (Global Skills Academy), com o objetivo de fornecer empregabilidade e habilidades de resiliência para 1 milhão de jovens, além de ajudá-los a encontrar trabalho durante a recessão iminente, quando as perspectivas de emprego dos jovens parecem sombrias.

A Organização lançou o projeto Habilidades para uma Juventude Resiliente na Era da COVID-19 e Além (Skills for a Resilient Youth in the Era of COVID-19 and Beyond) no Dia Mundial das Habilidades dos Jovens, comemorado em 15 de julho.

Os membros da Coalizão Global de Educação da UNESCO, lançada em março para apoiar os países a desenvolver soluções inclusivas de aprendizagem, estão se unindo para oferecer aos jovens oportunidades de adquirir habilidades digitais e outras competências por meio do acesso gratuito a programas de desenvolvimento de habilidades online. As ofertas dos parceiros serão agrupadas na Academia Mundial de Habilidades, de modo a fornecer um acesso único às oportunidades de treinamento.

Contribuirão para o projeto os parceiros fundadores, incluindo Coursera, Dior, Festo, Huawei, IBM, Microsoft, Orange Digital Centers e PIX, além de organizações internacionais e outros parceiros, como OIT, OCDE e o Torneio Internacional de Educação Profissional (WorldSkills Competition).

A Academia funcionará por meio de um processo de correspondência coordenado pelo Centro UNESCO-UNEVOC, a rede mundial da UNESCO para instituições especializadas em educação técnica e vocacional.

Leia mais: https://pt.unesco.org/news/unesco-lanca-academia-mundial-habilidades-aumentar-empregabilidade-1-milhao-jovens-medida-que

Deixe um Comentário