Centro em prol de ativista antiditadura e candidato a santo é vandalizado…

O Centro de Documentação Dom Hélder Câmara (Cedohc), que integra o instituto que leva o nome do ativista contra a ditadura militar e arcebispo emérito de Olinda e Recife, foi arrombado, furtado e parcialmente destruído no início de janeiro. Para recuperar as instalações e o que foi roubado e destruído, o instituto, criado em 1984 para manter o legado do religioso candidato a santo, iniciou nesta terça (14) uma campanha para arrecadar fundos.

Leia mais: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2020/01/15/instituto-de-candidato-a-santo-brasileiro-e-arrombado-e-furtado-no-recife.htm

Deixe um Comentário