A REMDIPE – Rede de Monitoramento de Direitos Indígenas de Pernambuco, vem a público, através desta nota, lamentar o brutal assassinato do educador, ator, diretor de teatro Henry Pereira da Silva, 49 anos.

Esperamos uma investigação rápida e que seja feita justiça, diante de um crime que ceifou a vida de um defensor da cultura e do povo Xukurú.

Cátedra de Direitos Humanos Dom Helder Camara UNESCO/UNICAP;
DADSF – Diretório Acadêmico Demócrito de Souza Filho (FDR/UFPE);
Coletivo Graúna de Justiça de Transição;
IFPE;
CIMI – Conselho Indigenista Missionário.
CPT – Comissão Pastoral da Terra;
NEPE;
COJIPE – Comissão de Juventude Indígena de Pernambuco
APOINME – Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo;
Laboratório de Estudos sobre Ação Coletiva e Cultura – LACC/UPE;
COPIPE – Comissão dos Professores Indígenas de Pernambuco;
Edson Silva – Prof. Colégio de Aplicação CE/UFPE;
Maria da Penha da Silva – Doutoranda – PPGA/UFPE;
Hosana Celi Oliveira e Santos – Doutoranda – PPGA/UFPE ;
Prof. Renato Atias, Coordenador do NEPE/UFPE;
Vânia Rocha Fialho de Paiva e Souza – PROCADI/UPE;
Programa de Extensão Acesso ao Sistema Interamericano de Direitos Humanos – aSIDH da UFPE.
Lara Erendira Almeida de Andrade;
Sandro Henrique Calheiros Lôbo – Doutorando pelo Programa de Pós- Graduação em Antropologia.

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.