VOU realiza experiências com crianças vulneráveis e catadores de materiais recicláveis na Paraíba

Sempre em busca de uma formação integral e que tenha impacto socioambiental, a Unicap ofereceu, no mês de janeiro, diversas experiências de inserção, por meio do Programa de Voluntariado Universitário  Unicap – VOU, que acontece em parceria com o Programa Magis de Juventude e Vocações (https://magisbrasil.com/). Além dos Estados de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, receberam ações do VOU as cidades de João Pessoa e Cabedelo, na Paraíba .

Na capital paraibana, os voluntários atuaram junto à Associação dos Catadores e Catadoras De Materiais reutilizáveis e recicláveis de João Pessoa – Catajampa. Durante essa experiência, jovens de diversos cursos da Católica, ajudaram os catadores na separação e na coleta de materiais, saindo embaixo de sol e da chuva pelas ruas da cidade.

Para Mariana Lima de Melo, estudante do curso de Psicologia “Cada pessoa do Catajampa tinha sua história sofrida, relatada com muita facilidade, confiança e dor. Pessoas que lutam todos os dias para o pão do dia, pessoas que deixaram sonhos de lado para poder ter o que comer e sustentar os filhos, pois já tiveram que passar fome ou que não tiveram o que dar de comida aos próprios filhos. Eles mostravam o quanto mesmo nas dificuldades a vida simples é mais feliz. O quanto nas mínimas coisas é possível sorrir, fazer graça e brincar. Eles mostravam emoção por termos um olhar de igual para igual com eles”.

Nessa experiência, que é organizada e acompanhada em parceria com o Espaço Magis Paraíba, composta por outros jovens universitários que um dia fizeram experiências parecidas, e, hoje, colaboram para que mais jovens possam também ter essa imersão, de contato com a realidade dos catadores, os participantes do VOU atuaram com crianças que vivem em situação de vulnerabilidade na comunidade Salinas-Ribamar, em Cabedelo. Sobre essa experiência, nos conta o aluno do curso de História, Matheus Ernandes: “No princípio havia incertezas e receios, e com o passar da experiência tornou-se em amor, saudade, gratidão e força. Senti a realidade na pele, senti como é ser invisível numa sociedade tão dura, o que aprendi nas ruas, com os catadores e com as crianças, sala nenhuma poderia me ensinar, pois o lápis era o carrinho, que no sol quente puxávamos; o caderno era o lixo, que quando avistado o que queríamos, era uma felicidade sem igual e a didática era o sorriso, o suor e o abraço, daqueles bem apertados, tão sinceros que sentíamos a alma de cada um. Aprendi a valorizar o mínimo, aprendi com as crianças que ainda há pureza, mesmo numa realidade que as fazem ser tão adultas, mesmo tão jovens. Eu vi, sofri, aprendi. Enfim vivi!”

João Elton de Jesus, do Instituto Humanitas, que coordena o Programa VOU, salienta que “os participantes, antes de ‘Fazer’, são chamados a ‘Ser’. Ser presença de qualidade na vida das pessoas, ser mais comprometidos, ser mais conscientes e mais livres em relação à sua zona de conforto, seus limites, preconceitos e apegos. Enfim, ser mais para os demais”. Para que essa experiência aconteça de forma impactante e profunda, ao final do dia, são oferecidos espaços de partilha, reflexão e construção do projeto de vida de modo que os aprendizados obtidos no Voluntariado possam ser continuados no dia-a-dia desses alunos.

Para Daniel Oliveira, que veio de Feira de Santana, na Bahia, especialmente para essa experiência, diz que “foi um sonho ter vivido essa experiência. Pude enxergar o agir de Deus em cada tratamento recebido, em cada história compartilhada. Foi Maravilhoso!”

Isis Barboza, aluna de Direito, conta que “cada sorriso das crianças da comunidade das Salinas, cada abraço e conversas com o pessoal da Catajampa tornou cada momento único e especial. O Espaço Magis Paraíba nos acolheu de coração e não esqueceremos disso”.

As ações do Voluntariado Universitário – VOU não acabam em janeiro, todos os meses alunos da Católica realizam ações em Olinda e Recife e em julho/2019, novas experiências de voluntariado de férias serão oferecidas. Fique atento e faça a sua inscrição no site www.unicap.br/vou.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.