Unicap realiza festival de mídias

Com informações da coordenação do curso de Jornalismo. 

Acontece na próxima segunda-feira (17) e terça-feira (18) a primeira edição do Festival Autoral de Jornalismo – EUFAÇO!, da Universidade Católica de Pernambuco. O evento é organizado e realizado pelo curso de Jornalismo da instituição e deverá expor o que há de melhor sendo produzido pelo curso. A programação envolve exposição de trabalhos, uma rádio ao vivo transmitindo o evento, oficinas oferecidas por estudantes de jornalismo e, à noite, formatos alternativos de debates com jornalistas, pesquisadores, artistas, programadores, professores e, claro, estudantes.

“O que orienta todo o Festival é a certeza que nossos estudantes possuem vários conhecimentos, afetos e relações que geram narativas em várias plataformas”, afirma a coordernadora do curso de Jornalismo, a professora Doutora Carla Teixeira. “O que atesta isso é a quantidade e a qualidade dos trabalhos que serão expostos em salas e em diversas partes do campus, numa forma lúdica e festiva, porque queremos e podemos comemorar essa produção”, completa Carla.

Os trabalhos serão expostos em seis trilhas criativas: Web, Impresso, Rádio (por meio de uma estação de rádio montada no Bloco G da Unicap), Vídeo e Fotografia. A lista dos trabalhos e locais de apresentação pode ser acessada no endereço http://www.unicap.br/jornalismo/faco2018/#.
A Rádio (Rádio EUFAÇO!) vai ser a plataforma para experimentações feitas na hora por estudantes, com propostas pré-aprovadas pelos professores e também por meio da qual serão veiculados trabalhos gravados, feitos como trabalhos de disciplinas do curso. Para a professora Andrea
Trigueiro, “a experiência vai possibilitar aos estudantes aprimorar as técnicas de radiojornalismo e, ao mesmo tempo, dar visibilidade aos excelentes trabalhos feitos em sala de aula”.

“A criação do Eu Faço! foi de fundamental para que os projetos dos alunos não sejam encerrados ao términos das disciplinas. A intenção é valida pois revela as potencialidades dos conteúdos multimídias produzidos por nós, alunos”, afirma Almir Cunha, estudante do oitavo período do
curso.

Desconferências – Um dos pontos altos da programação são duas sessões de desconferências que acontecerão a partir das 19 horas, na Sala 510 (dia 17) e no Auditório Dom Hélder (no dia 18), no Bloco A da Universidade Católica de Pernambuco. A ideia é promover uma palestra aberta, em que os principais protagonistas são os estudantes. Em geral estamos acostumados às palestras de professores, profissionais e outas pessoas que compartilham suas experiências e, em seguida, abre-se ao debate, quando há tempo. “Dessa vez a desconferência começa com o debate aberto a todas as pessoas e, no centro, estão os argumentos, inquietações, questionamentos de nossos alunos”, afirma Lula Pinto, professor do curso de Jornalismo da Unicap. Cada uma das conferências terá um tema-guia, que orienta a discussão e as falas. No primeiro dia, o tema é “O que é autoria?” e, no segundo dia, o tema é “Que histórias contar e por que?”

Em ambas as ocasiões, as desconferências contarão com convidados “ativadores” da discussão, um time de artistas, jornalistas, programadores, ativistas, que estarão disponíveis para conversar e compartilhar ideias. “Acho importante o festival ter os alunos como protagonistas, tanto mostrando as produções prática e acadêmica, quanto comandando a cobertura e ministrando as oficinas, num processo bem horizontal de troca de conhecimento que caracteriza o ensino contemporâneo”, afirma Carolina Monteiro, professora do curso de Fotografia e de Jornalismo da Unicap

Oficinas – Na mesma linha, a programação contará com seis oficinas, todas conduzidas por estudantes (mas que foram planejadas com professores): No primeiro dia, 17 (segunda), a estudate Samanta Lira conduz a oficina Design Thinking, que foi orientada pela professora Carol Monteiro. A oficina acontece na sala 407 do Bloco A, das 14h às 16h. No mesmo dia a oficina “O futuro da comunicação política LGBTQ+ em Pernambuco vai ser comandada pelos estudantes El Hana Filipides e Claudio Silva e foi orientada pela professora Andrea Monteiro. A estudante Sofia Lucchei coordena a oficina “Imagens que contam – exercitando o pensamento narrativo através da fotografia”. A oficina foi montada com a ajuda do professor Cláudio Bezerra e acontecerá no dia 18 de Setembro, das 15h às 17h, na sala 405.

“Rádio e Podcast” é o nome da oficina que Karlla Nascimento e Gustavo Tiné, ambos do quarto período, coordenarão no dia 18 de Setembro, das 14h às 16h, na sala 505. Álvaro Villarim coordena a oficina Edição de vídeo, que teve a ajuda do professor Filipe Falcão na orientação. A oficina acontece no dia 18, das 13h30 às 17h30. Toda a programação, com lugares e horários, é aberta ao público e pode ser verificada no site do
evento: http://www.unicap.br/jornalismo/faco2018/ No segundo dia do Festival, na terça, 18, haverá uma apresentação musical da banda Gelo Baiano, formada por estudantes do curso do de jornalismo.

SERVIÇO
1ª Edição do Festival Autoral de Jornalismo – EU FAÇO!
Dias 17 e 18 de Setembro, no Campus Unicap, das 13h às 21 horas.

Site: http://www.unicap.br/jornalismo/faco2018/

print

Compartilhe:

Deixe um comentário