Unicap mantém semestre letivo por meio de aulas virtuais

A tecnologia tem sido uma aliada fundamental nesses tempos de distanciamento social imposto pela pandemia do novo Coronavírus que está causando impactos em escala global. Diante do atual quadro no Brasil e seguindo as recomendações das autoridades sanitárias, a Universidade Católica de Pernambuco adotou medidas para amenizar as consequências para alunos e professores durante este semestre letivo.

“Com base nas Portarias 343 e 345 do Ministério da Educação, a Unicap optou pela substituição das atividades acadêmicas presenciais pelas virtuais. Esse processo de substituição é complexo e envolve todos os docentes e discentes”, afirma o Pró-reitor de Graduação e Extensão, Prof. Dr. Degislando Nóbrega.

Charles Andrade no Google Classroom

As aulas presenciais da graduação estão sendo adaptadas para o ambiente digital por meio de ferramentas online a exemplo do Google Classroom. A partir de orientações da Pró-reitoria de Graduação e Extensão da Unicap, cada curso vem elaborando atividades, replanejando aulas e trabalhos levando em conta as características de cada curso, disciplina e a realidade dos alunos.

Apesar do uso intenso nesses dias de confinamento, as novas tecnologias já fazem parte da rotina acadêmica da Unicap há algum tempo. O Google Classroom foi implantado há um ano e meio. Mesmo assim, diante da mudança brusca de cenário, os ajustes estão requerendo adaptações necessárias a esta transição. É o caso do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), que passou a semana elaborando as atividades por meio digital e vai intensificá-las a partir de segunda-feira (23).

“Seria muito mais prático suspender todas as atividades e só retomá-las em segurança quando a conjuntura melhorasse, mas há muita incerteza de quando isso vai acontecer. Nós percebemos que continuar as aulas tem também uma responsabilidade social de manter os alunos ocupados já que eles estão impedidos de circular. Estudar é uma alternativa de ocupação”, analisa a diretora do CCJ, Profª Drª Karina Vasconcelos.

Karina Rampche – aluna de Administração

A aluna do 3º período de Filosofia, Graziela Renata da Silva, segue o mesmo raciocínio. “Tem sido super útil porque me desfoca desse bombardeio de notícias não muito boas e me dá motivação para ocupar o dia. Isso é o futuro e é bom a gente se adaptar”, diz ela ressaltando que se utiliza também de grupos de Whatsapp. “Não tenho sentido deficiência nem no atendimento nem na atenção”, complementa.

A migração do modelo presencial para o ensino digital tem ocorrido em todas as áreas da Universidade. No curso de Administração, a rotina tem seguido os mesmos horários. “Os professores receberam novos treinamentos. Estamos em contato com os alunos em tempo real, marcando conferências no horário da aula. A aceitação tem sido muito boa. Os alunos perguntam, tiram dúvidas. As nossas salas virtuais estão cheias com cerca de 60 alunos”, explica o coordenador do curso de Administração, Prof. Dr. Charles Andrade.

O aluno Ronaldo Farias, do curso de Administração, elogia o desempenho dos professores

As atividades vão além da postagem de conteúdo e trabalhos. Ainda segundo Charles, as aulas acontecem por meio de videoconferências e hangouts (dispositivo de conversa). “Eu mando os links com os endereços das salas virtuais para o grupo de representantes de turmas no Whatsapp e eles repassam aos demais com o horário previsto. Tudo é muito novo, mas tem sido gratificante porque os alunos estão muito interessados. O importante é não parar”.

O aluno Ronaldo Farias, do 7º período, corrobora com o docente. “Alguns professores estão muito bem treinados. Certas coisas precisam ser ajustadas porque fomos pegos de surpresa, mas a decisão da Unicap foi muito boa para não atrapalhar ainda mais o período letivo. Estou tranquilo por seguir o mesmo fluxo de um jeito leve”.

A colega de Ronaldo, a aluna do 2º período Karina Rampche, afirma está se adaptando bem à nova realidade temporária. “Os professores estão engajados fazendo aulas ao vivo e se esforçando ao máximo. Assim é muito mais fácil do que simplesmente ver a atividade postada. Talvez dê um pouco mais de trabalho, mas não será empecilho. O aluno precisa correr mais um pouco atrás do aprendizado. Tem que ler, pesquisar, buscar em fontes externas”.

Para o Pró-reitor de Graduação e Extensão, o engajamento coletivo neste momento sem precedentes reforça a identidade comunitária da Universidade. “Gostaria de manifestar meu reconhecimento e gratidão pela tamanha adesão, pela disposição com a qual todos têm respondido a esta opção que a Unicap fez. Neste momento, temos um feedback muito positivo de grande parte dos alunos”, afirma o professor Degislando Nóbrega.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.