Unicap-Icam International School recebe adido da Embaixada da França no Brasil

O adido de Cooperação e Ação Cultural adjunto da Embaixada da França no Brasil, Olivier Giron, foi recebido, nesta terça-feira, 11, pelo Reitor da Unicap, Padre Pedro Rubens, na nova instalação da universidade, o Pavilhão Maker. O adido foi apresentado à Unicap-Icam International School pelo assessor internacional da Reitoria, Olivier du Bourblanc, e pela diretora do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), professora Andréa Câmara. Na oportunidade, ele conheceu a metodologia da graduação em Engenharia da Complexidade, pioneira no país e que terá a primeira turma neste primeiro semestre letivo, além das pós-graduações em Tecnologias do Design e Gestão de Megaempreendimentos, esta última com inscrições abertas até o dia 29 de fevereiro.

“Quando lançamos a graduação em Engenharia da Complexidade pensamos em uma proposta inovadora e, ao mesmo tempo, que tivesse um perfil internacional. Com o boom das engenharias no Brasil, houve uma reflexão sobre as metodologias dos cursos em virtude também da mudança do perfil dos estudantes”, disse o Reitor da Unicap, Padre Pedro Rubens, ao visitante, em francês. O Reitor também lembrou que a escolha do Institut Catholique d’Arts et Métiers (Icam), assim como a Católica uma instituição jesuíta, se deve à tradição da escola em formar engenheiros generalistas desde fins do século 19. “O curso preenche a falta desse profissional no mercado brasileiro. Este é um curso que forma um engenheiro generalista. Na França, o curso se chama Parcours Ouvert, ou seja, Percurso Aberto”, destacou o Reitor, ao lembrar, também, das parcerias já existentes da Católica com a França, a exemplo do Doutorado em Psicologia.

O assessor internacional da Retoria, Olivier du Bourblanc, apresentou detalhes do Pavilhão Maker ao lado da diretora do CCT, Andréa Câmara. Entre os pontos abordados, a aproximação da graduação com a pós-graduação e a metodologia inovadora do curso de Engenharia da Complexidade. “Os estudantes do curso têm a oportunidade de fazer um intercâmbio de um ano em uma das unidades do Icam na França, na Índia ou na África. Há um ganho profissional diferenciado ao conhecer outras realidades culturais e do mercado de trabalho”, disse Olivier, lembrando que o mesmo curso que é oferecido na Unicap tem a mesma matriz das outras unidades do Icam, permitindo que o aluno realize efetivamente um ano do curso fora do país e aproveite todos os conteúdos durante o intercâmbio.

O adido francês avaliou positivamente a visita e destacou que o diferencial da Unicap-Icam International School, a internacionalização, é uma característica da própria instituição, refletida em seus cursos e não um projeto à parte. “Para nós franceses sempre é bom saber que uma parceria desse tipo pode acontecer. Trabalhamos aqui no Brasil para desenvolver com as autoridades brasileiras os fluxos de intercâmbio entre a França e o Brasil em cada sentido: os brasileiros para a França e os franceses para o Brasil”, disse o adido Olivier Giron. “Quando um programa, como o do Icam, já é integrado em uma formação comum, é ainda melhor porque os alunos de cada lado já estão preparados em um projeto de uma mobilidade internacional”, completou ao falar da importância de conhecer a Unicap-Icam para desenvolver projetos de financiamento aos estudantes que desejem prosseguir os estudos no país, como em cursos de Doutorado.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.