Unicap firma convênio com a Escola do Legislativo da Assembleia

A Universidade Católica de Pernambuco, por meio da Cátedra Unesco Unicap Dom Helder Camara de Direitos Huamanos, firmou um convênio com a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa Estadual para que estudantes do curso de Direito desenvolvam um estágio prático no parlamento.

De acordo com o coordenador da Cátedra e articulador do convênio, professor Manoel Moraes, a ideia é que os alunos vivienciem o quotidiano da Alepe frequentando comissões, entrevistando deputados e assistindo às sessões plenárias e audiências públicas. “Um dos objetivos é o de promover a integração entre o Poder Legislativo e a Sociedade, construindo espaços de Direitos Humanos e fortalecendo a democracia”, disse Manoel.

O projeto inédito no Brasil tem apoio da Unesco e vai envolver sete turmas da disciplina de Teoria Política e do Estado, que faz parte do 1º período do curso de Direito da Unicap. Atualmente 336 alunos estão matriculados nesta disciplina. Eles serão organizados em grupos para desenvolver as atividades do estágio que terá carga horária de 20 horas. Ainda segundo Manoel Moraes, os estudantes irão produzir vídeos, podcasts, além de textos sobre a vivência no legislativo.

“Eles estudam na disciplina temas como democracia, participação, constituição. Então, ao final do curso, eles irão receber da Alepe uma Constituição do Estado de Pernambuco e uma da União. A gente espera que eles aprendam o valor do espaço legislativo como sendo constituinte dos Direitos Humanos”, disse Manoel Moraes.

Adriane

As turmas prestigiaram a solenidade de assinatura do convênio. Entre os alunos da Católica, o clima era de expectativa. “Estou achando incrível porque é uma forma de colocar a gente em contato com a vivência legislativa, que é um papel importante. Não basta a parte teórica. Conhecer o vários vieses do curso de Direito é muito importante pra gente, saber que a gente não pode ser só advogado, ser só promotor e que podemos seguir carreira política”, disse a estudante Adriane Rocha Alves, que é vice-presidenta da Juventude Socialista do PDT do Cabo de Santo Agostinho.

Diego

Quem também estava empolgado era o colega dela Diego Ricardo Amaral de Macêdo. “Acho esse projeto perfeito porque, enquanto cidadão, a gente não conhece os órgãos públicos. É fantástico você já no primeiro período ter esse contato com o Legislativo”, disse o aluno que já está na segunda graduação na Unicap. Ele é ex-aluno de Fisioterapia.

Iara

“A experiência será bastante marcante e acreditop que a viviência dentro da Assembleia Legislativa é sempre boa para que todos os alunos do 1º período tenham essa experiência e trazer para a prática o Direito que a gente aprende dentro da sala de aula”, afirmou a aluna Iara Alexandre de Oliveira.

A solenidade aconteceu no Plenário Eduardo Campos e marcou os 20 anos da Escola do Legislativo. Estiveram presentes os gestores do curso de Direito da Unicap: a diretora do Centro de Ciências Jurídicas, Profª Drª Maria Luiza Ramos; o coordenador do curso, Prof. Dr. Stefano Toscano; e o coordenador do Núcleo de Prática Jurídica, Prof. Fernando Lapa.

Foto: Roberto Soares/Alepe

A expectativa é de que outros cursos da Universidade participem do acordo de cooperação técnica. ” “Esta é mais uma ação da Casa no sentido de aproximar o cidadão da Alepe, e a Escola do Legislativo está sendo responsável por vários projetos com esse objetivo, como o Alepe nos Municípios e o curso Eleições 2020, que levam este Poder para o Interior do Estado”, enfatizou o parlamentar. “A população deve saber que a Casa de Joaquim Nabuco estará sempre de portas abertas para quem quiser conhecê-la”, destacou o presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PP), em entrevista ao site da Assembleia.

O superintendente da Escola do Legislativo, José Humberto Cavalcanti, destacou o pioneirismo da iniciativa. “Uma experiência inédita de integração entre a universidade e o Poder Legislativo”. “É muito importante que haja essa transferência de conhecimento do processo legislativo de forma mais profunda. Os alunos irão aprender, na prática, como funciona a Casa, bem como o que é a política e de que forma ela deve ser conduzida ”, ao falar pra a reportagem da Alepe.

A deputada Teresa Leitão (PT) saudou os alunos, que assistiram à Reunião Plenária. A parlamentar explicou que o convênio nasceu da iniciativa do professor Manoel Moraes que, de vez em quando, trazia alunos à Alepe. “Por meio da Escola do Legislativo, daremos suporte à ação, que deverá trazer bons resultados para os participantes”, observou. “Os universitários terão oportunidade de constatar que a política é a alma da sociedade, apesar de muitos acharem que ela é desnecessária”, ressaltou.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.