Unicap apoia campanha do Setembro Amarelo

Quem circula pelo campus da Universidade Católica de Pernambuco no turno da noite já deve ter percebido que alguns monumentos e edificações ganharam uma iluminação amarela. Não se trata de efeito decorativo e sim de apoio ao Setembro Amarelo, mês da campanha de combate ao suicídio.

Ganharam a iluminação especial a fachada da Universidade na Rua do Príncipe, onde está a logomarca; a Capela; o Espaço Cultural Padre Tavares de Bragança (casarão perto do bloco A); e o Monumento ao Estudante (estátua de concreto que representa um casal esculpido por Abelardo da Hora), localizado nos jardins da Biblioteca.

No Brasil, o Setembro Amarelo é uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM), e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O 10 de setembro é o Dia Internacional de Prevenção ao Suicídio. O suicídio é um problema de saúde pública.

Dados do CVV revelam que “o suicídio mata 1 brasileiro a cada 45 minutos e 1 pessoa a cada 45 segundos em todo o mundo. Pelos números oficiais, são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. Pelo menos o triplo de pessoas tentaram tirar a própria vida e outras chegaram a pensar em suicídio”, informa o site da instituição. Números da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que 90% dos casos de suicídio podem ser prevenidos.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.