União Europeia aprova Projeto da Católica sobre mudanças climáticas

A Universidade Católica de Pernambuco foi selecionada como uma das parceiras de um projeto global financiado pela União Europeia que visa diminuir as mudanças climáticas. Com isso, a Unicap passa a fazer parte de uma rede internacional de instituições de ensino superior que vai desenvolver ações de inovação socioambiental a partir da construção dos Climates Lab, espaços que irão desenvolver pesquisas aplicadas de acordo com a realidade local. O anúncio foi feito na manhã nesta terça-feira (13), durante a reunião do Fórum Pernambucano sobre Mudanças Climáticas, realizado no Auditório Dom Helder.

Além do Brasil, o chamado projeto Erasmus (+) contará com a participação de universidades do México, Colômbia, Espanha, França e Itália. A Unicap é a única instituição do Norte e Nordeste a fazer parte desta rede internacional. Também fazem parte desta rede de parceiros as pontifícias universidades católicas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina (PUC-RS e PUC-SC). Um dos objetivos é capacitar pesquisadores, estudantes e membros da comunidade universitária em geral como líderes que multipliquem as informações e as boas práticas de combate às mudanças climáticas.

A proposta da Unicap aprovada pela União Europeia foi elaborada pela professora Cynthia Suassuna, do curso de Direito e com doutorado na área ambiental, e pelo professor Fábio José Pedrosa, do curso de Engenharia Ambiental. Além da agenda socioambiental da Unicap, o investimento em pesquisa chamou a atenção dos examinadores da União Europeia que analisaram dados do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Universidade com metas para até 2022. O documento aponta que 25% do corpo docente desenvolve pesquisa no âmbito da graduação, incluindo o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic). A previsão, ainda de acordo com o PDI, é aumentar em 40% as atividades de pesquisa em colaboração com parceiros externos.

O plano de trabalho do Climates Lab Unicap prevê a identificação das capacidades institucionais para projetos de inovação socioambiental, além de implementar projetos pilotos de acordo com as peculiaridades de cada território com colaboração interdisciplinar. A metodologia prevê ainda a capacitação de lideranças para atuar nas ramificações do projeto.

Beberibe – A ideia é instalar o laboratório de estudos de mudanças climáticas no novo Campus Integral Unicap em Beberibe, projeto da Universidade Católica de Pernambuco de inovação socioambiental que será implantado no bairro de mesmo nome na Zona Norte do Recife, no limite com a comunidade de Passarinho, em Olinda. O campus é inspirado no conceito de ecologia integral do Papa Francisco, que integra a questão social e a questão ecológica como um único problema.
O local com doze hactares conta com uma área verde preservada e um edifício de três pavimentos, com 78 quartos, refeitório, cozinha e dispensa, salão externo, capela, jardim de inverno, quadra de vôlei e campo de futebol.

Além do Climates Lab Unicap, as ações do Espaço Beberibe serão desenvolvidas nas áreas de Direito, Saúde, Educação e Trabalho, Espiritualidade, Serviços, Ambiental, Cultura e de Comunicação. A metodologia a ser adotada é de um trabalho integrado entre os vários polos, de forma a olhar a pessoa de modo integral e de forma conjunta, com atividades interdisciplinares.

Tudo vai ser construído em parceria com a comunidade, “de modo que ela seja protagonista, podendo inclusive oferecer atividades e desenvolver projetos de iniciativas da própria comunidade”, destaca o Reitor da Unicap, Pe. Pedro Rubens Ferreira Oliveira. Tudo isso buscando uma sinergia com o Poder Público, já que as ações não pretendem substituir as políticas públicas a serem implementadas na região e sim trabalhar em parceria.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.