Seminário do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica traz debates sobre conceitos de identidade

O Laboratório de Psicologia Clínica Fenomenológica Existencial e Psicossocial (Laclifep), juntamente com o Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica da Unicap, promoveu nos dias 11 e 12 de abril seminário sobre “Diferença, desterro e desterritorialização: a psicologia para além das malhas de poder imersas na identidade”.

O evento, coordenado pela professora da Pós-Graduação em Psicologia Clínica, Carmen Barreto, contou com a presença do Doutor em Filosofia Marco Casanova. O objetivo do seminário foi contemplar o caráter restritivo da noção de identidade, analisando os conceitos de grandes nomes da psicologia e da filosofia.  “A palestra construiu uma noção de prática psicológica costurando alguns conceitos de Hannah Arendt, Giles Deleuze, Martin Heidegger, e outros. Trazendo também a fenomenologia e contemplando a contemporaneidade e os dilemas atuais”, relata Alexandre Loiola, psicólogo clínico e estudante do Programa de Pós-Graduação.

Segundo Carmen, o professor Casanova apresentou diferentes pontos de vistas sobre assuntos atuais e a importância da desmistificação dos modelos restritos de identidade entendidos hoje. “Tenho a expectativa que o evento faça as pessoas questionarem as bases identitárias que subsidiam a psicologia científica e, consequentemente, pensar outras possibilidades de uma clínica psicológica, em ressonância com o pensamento de Martin Heidegger”, relata a professora.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.