Papa Francisco nomeia professor visitante da Unicap como arquivista e bibliotecário do Vaticano

Padre Tolentino – de terno escuro – aparece ao lado de Padre Pedro

O Papa Francisco nomeou o professor visitante da Universidade Católica de Pernambuco, Padre José Tolentino Calaça de Mendonça, como bibliotecário e arquivista do Vaticano. A notícia foi divulgada no site oficial Vatican News. Tolentino assume o novo cargo privativo de cardeais no dia 1º de setembro. Ele também foi nomeado Bispo de Suava, com o status de Arcebispo.

Tolentino tem uma importante ligação com o Pontífice. Em fevereiro deste ano, durante a Quaresma, ele pregou os Exercícios Espirituais para o Papa Francisco e a Cúria Romana. Vice-reitor da Universidade Católica Portuguesa (UCP), o biblista, ensaísta e poeta é professor visitante da graduação e mestrado em Teologia da Unicap. Ele já esteve na Católica várias vezes, onde participou de eventos acadêmicos e lançou livros.

Duas de suas obras têm prefácio do Reitor da Unicap, Prof. Dr. Padre Pedro Rubens. Uma delas se chama “A leitura Infinita: a Bíblia e suas interpretações”. Outra,  publicada em maio deste ano, tem lançamento previsto para setembro aqui na Unicap e é intitulada “A construção de Jesus: a dinâmica narrativa de Lucas”. As publicações são coeditadas pela Unicap e editora Paulinas.

Em agosto de 2015, Padre Tolentino ministrou uma palestra para gestores da Católica na qual ele relatou sua experiência à frente da UCP. “Agradeço ao Padre Pedro Rubens pelo convite para vir ao Brasil, por sua amizade, delicadeza e cumplicidade intelectual. Seu trabalho à frente da presidência da Fiuc (Federação Internacional das Universidades Católicas) tem sido uma dádiva. Todas elas são muito gratas”, disse ele na época.

Em setembro de 2017, Padre Tolentino lançou na Unicap o livro “Libertar o tempo”. A obra foi apresentada pelo jurista e imortal da Academia Pernambucana de Letras, José Paulo Cavalcanti Filho. O evento fez parte da programação da Semana de Estudos Bíblicos, promovida pelo Programa de Pós-Graduação e pela Graduação em Teologia da Unicap.

Padre Tolentino, à direita da foto, ao lado de Padre Pedro e do jurista José P. Cavalcanti Filho

Também neste mesmo evento, ele fez um seminário no qual falou sobre os desafios da tradução da Bíblia e o histórico das edições nacionais do livro sagrado. Na ocasião, Tolentino fez um mergulho histórico na obra de João Ferreira de Almeida, considerado o primeiro autor lusitano a traduzir a Bíblia para o português.

Tolentino organizou a explanação em três partes: na primeira, fez uma introdução ao contexto que levou João a decidir por traduzir a Bíblia; na segunda, abordou a história da tradução; e na terceira, tratou dos aspectos inovadores da tradução. “Uma grande aventura de fé e grande aventura de cultura. O tradutor mostra como a Bíblia é um livro aberto”, analisou.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário