Mestrado em Indústrias Criativas discute o mercado da cultura pop

O Mestrado em Indústrias Criativas da Católica recebeu, na noite desta quarta-feira (5), o diretor de Marketing da Comic Con Experience (CCXP), Roberto Fabri. Ele falou sobre o crescente e promissor mercado da cultura pop ao relatar a sua experiência a frente da CCXP, considerado um dos maiores eventos do mundo nesta área.

Foram 18 anos atuando em agências e atendendo clientes como a Vivo, Google, Mercedes-Benz, Samsung, P&G, Itaú e Nutella. A guinada profissional veio há três anos, quando passou a fazer parte do time que realiza a CCXP. O festival reúne artistas e profissionais ligados aos quadrinhos, música, audiovisual e games. “O mundo geek não está relacionado à geração ou produto específico”, disse ele.

Fabri apresentou dados de uma pesquisa feita pelo Ibope sobre este mercado. “Em 2015, foram vendidos no Brasil 180 milhões de ingressos de cinema, numa população de pouco mais de 200 milhões de habitantes e com várias cidades sem cinema. Isso mostra que quem vai, vai muito ao cinema. Num mundo com tantas novas plataformas, isso demonstra que se paga para ter a experiência. É justamente isso que a nova geração valoriza: a experiência e não a posse. Por isso que a bilheteria de cinema não cai”, analisou.

Ainda de acordo com Fabri, essa busca por novas experiências é o que move o sucesso da CCXP no Brasil. Para se ter uma ideia, eventos desse tipo em San Diego e em Nova York levaram 38 e seis anos, respectivamente, para atingir 100 mil pessoas de público. A primeira edição brasileira, em 2014, já levou 97 mil pessoas aos pavilhões do evento.

Logo na estreia houve parcerias com 70 marcas e o faturamento foi de dez milhões de reais. Em 2015, foram 18 milhões de reais de faturamento, 107 marcas parceiras e um público de 142 mil pessoas. Ano passado um novo record de público: mais de 180 mil pessoas. “Tudo o que envolve cultura pop, o Brasil está no Top 3 dos maiores que consomem isso”.

O sucesso do evento fez surgir um conglomerado empresarial que reúne quatro empresas em torno da Comic Con: a Omelete, Omelete Box, Social Comics e Mundo Geek. Agência publicitária, equipes de redes sociais, desenvolvedores, designers e até uma agência de turismo atuantes na realização da CCXP em São Paulo. O festival chega a mobilizar uma equipe de 1500 pessoas, sendo 600 só de seguranças. É tanta gente trabalhando e interessada nessa área que a Comic Con criou a CCXP Unlock, uma programa de palestras que visa a capacitação de profissionais da indústria do entretenimento e desenvolvimento de mercado.

Comic Con Tour – Pela primeira vez, a CCXP vai realizar, entre os próximos dias 13 e 16 de abril, uma edição especial no Nordeste. O evento vai acontecer no Centro de Convenções de Pernambuco. “Paul McCartney e Iron Maiden deram sold out (vendas esgotadas). Isso prova que o recifense está preparado para receber grandes eventos”, disse Fabri.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.