Live nesta sexta (20) marcará lançamento do Ano da Consciência Negra na Unicap

A comunidade acadêmica da Universidade Católica de Pernambuco vai viver um momento histórico nesta sexta-feira (20), às 18h30, com o lançamento do Ano da Consciência Negra na Unicap. O evento vai ser transmitido ao vivo pelo Youtube.

O Reitor da Unicap, Padre Pedro Rubens, explica que um dos objetivos da iniciativa é comemorar os 50 anos da institucionalização do Dia da Consciência Negra no Brasil, que será em 2021.

Até lá, a Universidade vai promover uma série de ações e estudos nas áreas de Ensino, Pesquisa e Extensão. O primeiro ato será a criação do Programa de Combate ao Racismo Institucional (PCRI).

“Será um ano inteiro dedicado ao aprofundamento das causas e manifestações do racismo estrutural da sociedade, manifesto em todas as nossas instituições, inclusive de educação superior”, disse Padre Pedro ao acrescentar ainda que, “além de muitas ações a serem propostas pela comunidade universitária, temos que avançar na curricularização das relações étnicos-raciais”.

O racismo se revela por meio de comportamentos discriminatórios adotados no cotidiano que sempre colocam pessoas de grupos raciais ou étnicos em situação de desvantagem no acesso a benefícios de instituições e organizações.

“Desde a Campanha da Fraternidade de 1988, pelo menos, a Católica tematiza a questão, mas, foi a partir de 2008, com a 1ª Semana da Consciência Negra da Unicap e, na sequência, com a criação do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Neabi) que houve uma intensificação de reflexões e ações em vista de uma educação para as relações étnicos-raciais”, pontua o Reitor.

Outra iniciativa da Unicap neste sentido se dá por meio do oferecimento de bolsas de inclusão racial nos vestibulares do meio do ano, dentro da matriz do Prouni. “São 300 bolsas anuais, mas na primeira edição (2019) nós acolhemos mais 800 bolsistas, dentro do limite de vagas”, relembra Padre Pedro Rubens.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.