IHU e Programa Pana realizam Projeto Reconstruir para Incentivar o Empreendedorismo de Migrantes Venezuelanos

Na manhã do dia 21/08 alguns venezuelanos que foram acolhidos pela Caritas através do Programa PANA tiveram uma manhã diferenciada! Foi o primeiro encontro do Projeto Reconstruir que tem o objetivo de incentivar o empreendedorismo desses migrantes. Nesse primeiro momento os 12 participantes puderam partilhar um pouco de suas qualidades e seus dons e, principalmente, puderam sonhar com o seu próprio negócio.

Para João Elton de Jesus, colaborador do Instituto Humanitas que está coordenando esse projeto “Trata-se de um novo passo que estamos dando no processo de integração de migrantes atendidos pelo Pana. É impressionante o quanto cada um tem a oferecer à nossa sociedade. Em nosso grupo temos artesãos, cabelereiros, design de moda, design de unhas e nutricionistas, além de pessoas que preparam comidas e doces típicos da Venezuela, que são uma delícia! ”.

Nos encontros semanais os participantes participarão de uma capacitação em que poderão estruturar melhor seus planos de negócios e aprenderão como atuar e divulgar os seus serviços. Também o projeto prevê a busca de parceiros para obter recursos para que essas pessoas possam comprar os equipamentos e insumos necessários para o empreendimento.

“Um dos objetivos desse projeto é valorizar os dons e qualidades que cada um traz e ajudar para que essas pessoas consigam alguma renda com esses saberes”, conta João Elton. Um exemplo de empreendedorismo é o venezuelano Franklin Rivas, de 30 anos. Ele que é formado em Design, conseguiu comprar o seu equipamento e já está trabalhando como fotógrafo. Uma mostra de seu trabalho pode ser vista na página do Instagram (@frf_estudio). Segundo ele, muito entusiasmado com o projeto, “Nós viemos a este mundo mais para dar do que para receber, porque receber é bom, mas dar é viver”.

Uma outra bonita história é de Noelys Quijada, formada em geografia e artista plástica. O sonho dela é poder viver com os recursos que consegue a partir da fabricação e comercialização de bijuterias e objetos decorativos feitos com vidro fundido (Instagram: @mirarteoficinadearte). Ela trouxe da Venezuela o forno para a fabricação desses produtos e produz peças, com as mais diversas cores, que tem comercializado nas ruas do Recife. Com a ajuda do Projeto Reconstruir ela deseja ampliar a sua produção e comercializar seus produtos em sua própria loja e em lojas parceiras.

Há muitos outros venezuelanos cheios de dons e qualidades para partilhar! Assim, com ações como essa que a Unicap, em parceria com outras instituições, como a Caritas, tem assumido a sua missão de integrar e contribuir com a dignidade da população, em especial dos mais vulneráveis e mostrar a beleza da diversidade e as possibilidades de crescimento mútuo nessa união de corações de tantas nacionalidades e culturas!

Em breve divulgaremos mais sobre esse projeto e sobre os produtos e serviços que são oferecidos pelos venezuelanos. Caso queira saber mais sobre o Programa Pana ou fazer alguma doação, o escritório, chamado Casa de Direitos fica no Campus da Unicap (no bloco em que está a FASA)  e o telefone para contato é (81) 98184-7389.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.