Icam está entre as 10 escolas de engenharia onde os estudantes são mais felizes

Por Tércio Amaral

O Institut d’Arts et Métiers (Icam) foi eleito a 8º escola de engenharia em que os estudantes são mais felizes no HappyAtSchool, da Europa, que avaliou 72 escolas de engenharia. O índice também revelou que 95% dos alunos acreditam que conquistarão um emprego facilmente após a conclusão do curso. O percentual de 95% se repete quando a pergunta é se os estudantes recomendariam o curso do Icam para amigos ou conhecidos. Além disso, 85% dos 1 mil alunos entrevistados na instituição declararam que se sentem intelectualmente estimulados pela escola de engenharia. A média geral do Icam foi de 8,06, em uma avaliação de 0 a 10. O Icam está presente na Unicap por meio da parceria das duas instituições que formam, no Recife, a Unicap-Icam International School.

O coordenador do curso de Engenharia da Complexidade, o professor Fernando Artur Nogueira, salientou que o HappyAtSchool é um novo selo e que já atingiu uma grande importância na Europa porque inverte a percepção dos estudos usuais: avalia a instituição a partir dos alunos. “Esse selo é interessante porque para obtê-lo existem vários critérios a serem cumpridos. Uns muitos importantes como a qualidade da estrutura físicas das faculdades, o respeito às questões ligadas ao meio ambiente, a qualidade do ensino acadêmico e a própria vida estudantil no campus”, destacou o professor. “Outro ponto importante são as facilidades que os alunos têm e a força das relações com as empresas, ou seja, com o mercado de trabalho, que vai dar a esses alunos a confiança de que no futuro eles não terão dificuldades em conseguir um emprego”.

Graças à parceria entre a Unicap e o Icam, segundo o professor, essa percepção deve ser sentida já entre os alunos da primeira turma da graduação em Engenharia da Complexidade neste ano. “Os alunos desse curso de graduação vão poder se beneficiar diretamente dessa estrutura de excelente qualidade acadêmica associada a uma diferenciada internacionalização e uma forte aproximação com o mercado de trabalho, aspectos que são percebidos na França e que serão percebidos aqui no Recife”, disse o professor Fernando, lembrando a tradição das duas instituições. O Icam, por exemplo, forma engenheiros na França desde o final do século 19.

A diretora do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), professora Andréa Câmara, destacou dois pontos positivos da pesquisa sobre o Icam e que estão presentes na Unicap-Icam International School. O primeiro deles é a metodologia ativa, que deixa os alunos mais seguros. “Isso explica porque o resultado da pesquisa mostra que mais de 90% acreditam que conquistarão um emprego após a conclusão do curso. A metodologia ativa, que o Icam adotou como premissa, há cinco anos, explica porque os alunos se sentem mais seguros, com mais autonomia e muito mais felizes”.

O segundo ponto, de acordo com ela, é a maior articulação do curso com o mercado de trabalho. No curso de Engenharia da Complexidade, por exemplo, os alunos desenvolverão seus estágios em empresas parceiras e articulando com o conhecimento em sala de aula. “Os programas de estágio articulado ao trabalho que eles estão desenvolvendo no último ano de curso, como se fosse o trabalho de conclusão de curso, também aperfeiçoa a permanência do aluno no estágio e o capacita em um futuro trabalho”.

 

Pesquisa – Os alunos entrevistados comentaram temas desde instalações e ambiente, ensino e pedagogia, relações comerciais e confiança no futuro. A classificação levou e conta três critérios: a média das 15 perguntas, a participação dos alunos e a recomendação deles para outros estudantes ingressarem na instituição. O HappyAtSchool é um selo da ChooseMyCompany, empresa especializada em coleta, análise e publicação de opiniões certificadas. Cerca de 6.530 mil alunos participaram de toda a pesquisa, que analisou essencialmente quais os elementos essenciais para os jovens em uma instituição de ensino.

Entre os temas abordados estão a qualidade das experiências profissionais (programas de estágio e trabalho-estudo), que desempenha um papel importante na percepção positiva que os alunos têm de sua instituição.  A pesquisa também relevou que os estudantes também levam em consideração instituições que alinhem teoria à prática em sala de aula, que sejam inovadoras e cativantes. Outro ponto importante para os estudantes é o comprometimento de sua formação com o meio ambiente, exigindo cada vez mais uma abordagem ambiental responsável em seu curso.

Instituição – O Icam é uma tradicional instituição francesa, presente em seis países – além da França, há unidades em Camarões, República do Congo, República Democrática do Congo, na África, na Índia e no Brasil, no campus da Universidade Católica de Pernambuco. A Unicap-Icam, que tem como sede o moderno Pavilhão Maker, oferece, atualmente, um curso de graduação, o de Engenharia da Complexidade, e duas especializações, uma em Gestão de Megaempreendimentos e outra em Tecnologias do Design. O curso de Engenharia da Complexidade – que possui as mesmas competências do que é oferecido na França e em outras unidades no mundo – está com vagas disponíveis no processo de seleção via nota do Enem pelo site: vestibular.unicap.br. Se o estudante não tiver nota do Enem e quiser fazer o curso, pode participar do vestibular personalizado no dia 30 de janeiro. Informações: 2119.4016.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.