Historiador francês faz palestra no Mestrado em História da Católica

O Programa de Mestrado em História da Universidade Católica de Pernambuco realizou na noite da última segunda-feira (26), no Anfiteatro do bloco G4, mais um encontro do seu Ciclo de Palestras. Na oportunidade, o curso recebeu a presença do renomado historiador francês François Dosse, que ministrou palestra, traduzida simultaneamente por Diego Cunha, sobre historiografia, teoria da história e biografia.

Além de ser um dos principais teóricos do gênero, Dosse já se lançou no árduo trabalho de remontar a vida de pensadores influentes, mas pouco conhecidos do grande público, como o historiador Pierre Nora e o filósofo Paul Ricoeur. Em sua famosa “Biografia cruzada” (Artmed), sobre a parceria entre o filósofo Gilles Deleuze e o psicanalista Felix Guattari, Dosse ajudou inclusive a reabilitar o lugar de Guattari entre os pesquisadores, que até então haviam se concentrado muito mais no brilho ofuscante de Deleuze.

Hélder Remígio, professor do Programa, destacou a oportunidade de se debater história em alto nível. “O professor Dosse é um dos principais historiadores da atualidade. Essa é uma grande oportunidade de oferecer para os alunos uma discussão de alto nível sobre a historiografia atual, teoria e principalmente no campo da biografia”. Por muito tempo, a biografia foi considerada um gênero menor entre os historiadores, de grande apelo popular, mas desacreditada pela academia ao longo do século XIX e durante boa parte do século XX. Foi preciso esperar até os anos 1980 para que ela ganhasse um renascimento fulminante, tanto erudito quanto comercial. Durante muito tempo a historiografia renegou a biografia como um gênero que exaltava os grandes nomes. Atualmente ela passou a ver que é possível debater e conhecer sujeitos que eram desconhecidos na história. Hoje é importante concentrarmos esforços para trazer novos discursos e novas narrativas a respeito da história oficial”, ressaltou Hélder.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.