Festival 3i de Jornalismo acontece neste sábado na Unicap

Articulação foi do curso de Jornalismo, com o apoio da FASA

Com informações da coordenação do curso de Jornalismo

Cenário pós-eleitoral, inovação e financiamento são os temas centrais do Festival 3i de Jornalismo Inovador, Inspirador e Independente, que chega ao Nordeste pela primeira vez. A edição pocket acontece neste sábado (10) no auditório G1 da Universidade Católica de Pernambuco. O 3i é uma iniciativa pioneira no Brasil, que busca discutir e fomentar uma nova era do jornalismo, caracterizada pelo aumento da relevância de veículos nativos digitais.

O festival é uma parceria das plataformas Agência Lupa, Agência Pública, BRIO, JOTA, Nexo, Nova Escola, Ponte Jornalismo e Repórter Brasil com o Google News Initiative. A primeira edição do Festival 3i aconteceu em novembro de 2017, no Rio de Janeiro. Diante do sucesso do evento, com a participação de centenas de jornalistas, empreendedores e comunicadores do Brasil e de outras partes do mundo, este ano o Festival 3i foi para outras regiões do país. A primeira edição ‘pocket’ foi realizada em Belo Horizonte, em junho, e a segunda em Porto Alegre, em setembro.

O curso de Jornalismo da Católica articulou para a edição no Recife acontecer no campus da instituição, com apoio da Fundação Antônio dos Santos Abranches – FASA , o que possibilitou como contrapartida que professores e diversos estudantes do curso – a maioria Prouni e bolsistas – tivessem acesso gratuito ao evento.

Segundo os organizadores, são três painéis que se propõem a debater como a imprensa se saiu na cobertura eleitoral e como os jornalistas devem se preparar para o que vem pela frente; exemplos de sucesso em termos de financiamento e de inovação no jornalismo brasileiro. Cada painel conta com três a quatro palestrantes. Entre os convidados estão Daniela Pinheiro, chefe de redação da Revista Época, Beatriz Ivo, do Comitê Gestor de Conteúdo do Sistema Jornal do Commercio e Diretora de Jornalismo da TV e Rádio Jornal, Cristina Tardáguila, da Agência Lupa de fact-checking, Saulo Moreira, assessor de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral e Helena Portilho, do projeto de videodocumentário Além da Cura.

O público terá ainda uma experiência em jornalismo imersivo, com a série “Baía 360”, um documentário em vídeo em 36o graus produzido pela Agência Pública. A equipe da Pública disponibilizará o equipamento especial para uma experiência interativa.

“Nunca o jornalismo foi tão importante, e o jornalismo independente, editorial e financeiramente, ainda mais. É o que queremos fomentar cm o Festival 3i ”, avalia Natalia Viana, codiretora da Agência Pública, que, junto com a Agência Lupa e a Marco Zero Conteúdo, está responsável pela curadoria da edição Recife.

“O Festival 3i é uma excelente oportunidade para fomentar a cultura da inovação e do empreendedorismo no jornalismo do Nordeste. Também é um ambiente para trocar experiências com profissionais de outras regiões num momento em que a Web e as mídias sociais tornaram-se o grande espaço para o debate público no Brasil”, opina Carolina Monteiro, presidente do Conselho Diretor da Marco Zero Conteúdo, coletivo de jornalismo investigativo e independente com sede no Recife.

“Foi extremamente importante trazer o festival para a Católica. A articulação começou em julho e resultou em uma parceria que irá permitir a profissionais, estudantes e professores conhecer e debater iniciativas independentes que estão acontecendo no Brasil e no mundo, mostrando o quanto o jornalismo está vivo. Também é uma ponte para debater um futuro curso de especialização na área”, destaca a coordenadora do curso de Jornalismo da Católica, Carla Teixeira.

Sim, ainda dá tempo de fazer a inscrição: clica no link: https://bit.ly/2SPCyX4

 

Programação:

13:00

Mesa 1: Como o Jornalismo Sobreviveu às eleições
Uma conversa sobre polarização, assédio a jornalistas, fake news e ética
Natalia Viana, Agência Pública (mediadora)
Cristina Tardáguila, Lupa
Saulo Moreira, Tribunal Regional Eleitoral
Beatriz Ivo, do Sistema Jornal do Commercio e Diretora de Jornalismo da TV e Rádio Jornal
Daniela Pinheiro, Revista Época

15:00

Mesa 2: Como inovar sem milhões de dólares
Jornalistas e programadores contam como conseguiram realizar projetos inovadores sem altos investimentos
Cristina Tardáguila, Agência Lupa (mediadora)
Ricardo Brazileiro, LabCoco
Jean Souza, Datafolha, da equipe do aplicativo Match Eleitoral
André Luís Costa, Band
Matías Di Santi, Chequeado (Argentina)

17:00

Mesa 3: Histórias de sucesso: como viabilizamos projetos de jornalismo e ganhamos financiamento
Compartilhando aprendizagens sobre como fazer projetos bem-sucedidos e levantar dinheiro
Carolina Monteiro, Marco Zero Conteúdo (mediadora)
Helena Portilho, Além da Cura
Giulliana Bianconi, Gênero e Número
Yargo Sousa Gurjão e Bruno Lima Xavier, Coletivo Nigéria

print
Compartilhe:

Deixe um comentário