Ex-alunos de Ciência da Computação apresentam pesquisas em eventos internacionais

Foto: Acervo pessoal. Pedro (camisa cinza) e Lucas (camisa azul).

O talento acadêmico formado na Universidade Católica de Pernambuco está ganhando o mundo. Gente que até pouco tempo circulava por salas de aula e laboratórios do curso de Ciências da Computação agora vai apresentar artigos científicos em eventos mundialmente reconhecidos.

É o caso dos ex-alunos Lucas Farias e Pedro Braga. Atualmente eles fazem mestrado no Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco e tiveram artigo científico aprovado para ser apresentado em uma das mais importante conferências da área de computação do mundo: The Genetic and Evolutionary Computation Conference. O evento vai acontecer entre os próximos dias 15 e 19 de julho, em Kioto, no Japão.
O trabalho intitulado MOEA/D with Uniformly Randomly Adaptive Weights tem também como autores os professores Hasenclever Bassani e Aluizio Araújo (UFPE). O trabalho está inserido na área da computação evolucionária e lida com um sistema de algoritmos capaz de identificar a melhor solução dentro de um conjunto de soluções para determinado problema. Um ramo do conhecimento inspirado na evolução biológica.
“Fiquei muito feliz com o aceite da publicação da pesquisa e também por ter de apresentá-la num lugar que sempre quis conhecer”, comemora Lucas ao mencionar o Japão e destacar que o evento confere pontuação Qualis A1.
 
Pedro não vai ao Japão porque estará em outro evento internacional no mesmo período. Além da pesquisa selecionada para o Japão, ele teve outro artigo aceito para publicação no World Congress on ComputationaI Intelligence. O WCCI 2018 vai acontecer entre os próximos dias 8 e 13 de julho, no Rio de Janeiro. O artigo tem como título A Semi-Supervised Self-Organnizing Map for Clustering and Classification e será apresentado na conferência internacional Joint Conference on Neural Networks (IJCNN2018). A orientação também é do professor Hasenclever Bassani.
Tanto Lucas quanto Pedro foram laureados do curso na época em que estudavam na Unicap nos semestres 2016.2 e 2015.2, respectivamente. Os dois têm outra coisa em comum: foram bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica. Foi a partir do Pibic Unicap que eles começaram a construir a carreira acadêmica. “Desde que comecei a graduação, ainda no 2º período, tive contato com a iniciação científica e isso foi muito importante para me colocar nessa linha de pesquisa”, disse Lucas relembrando que foi orientando pela professora Clarissa Daisy.
Pedro também destaca a contribuição da Unicap em seu início de carreira acadêmica. “A Católica foi capaz de me dar um background para trabalhar nessa área, tanto cno aspecto conceitual quanto na parte prática. A Unicap me despertou a trabalhar com pesquisa”, disse ele contanto que foi orientado pelo professor Francisco Madeiro.
print
Compartilhe:

Deixe um comentário