Estudantes da Unicap criam plataforma digital para aproximar os jovens da História do Brasil

Por Jéssica Lima

Uma das discussões mais recentes do campo da história é o debate sobre o revisionismo histórico, termo utilizado para o processo em que uma interpretação corrente de um fato histórico passa a receber uma nova interpretação diante do surgimento de uma nova fonte ou evidência ou por uma nova reinterpretação das fontes que já foram estudadas. Ou seja, olhar para o passado os aparatos do futuro. Voltar para o fato com mais possibilidades para analisá-lo. 

Na última década, historiadores, escritores, cineastas, acadêmicos, professores e estudantes têm participado do debate e incorporado cada vez mais, nos seus meios, a prática do revisionismo. A partir da crescente demanda social de buscar mais clareza sobre as histórias que nos contaram e aprendemos na escola à luz dos dias atuais, contando não só com as fontes mais tradicionais como livros, jornais, revistas, pinturas, fotografias, mas também com as novas evidências disponíveis em razão da evolução digital. Hoje, temos como fonte também bancos de dados eletrônicos, páginas na internet e até postagens em redes sociais.  Com o acesso às fontes, iniciou-se um processo de reinterpretação da História, baseado na ambiguidade dos fatos históricos e na imparcialidade com que esses fatos podem ter sido descritos

Antenados no debate, alunos do terceiro período do curso de História da Unicap criaram o projeto ‘Explorando outros 1500’, disponível pela rede social Instagram desde o dia 27 de maio, buscando aproximar jovens em idade escolar, dos debates, descobertas e evolução que permeiam o campo da História do Brasil. O intuito é conectar os jovens com o conhecimento a partir de ambientes digitais já frequentados por eles, como o Instagram, plataforma bastante utilizada no Brasil. 

Os responsáveis pelo projeto, Joana Rosa, Eronilson José, Fledson de Andrade, João Nicácio e José Diego, idealizaram o projeto partindo de suas experiências como alunos, influenciados por uma cadeira do curso que propunha desenvolvimento de projeto didático, e com a vivência do ensino da História em sala de aula para alunos do ensino fundamental e médio. O grupo percebia como os jovens estavam conectados às redes sociais e resolveram usá-las e escolheram o Instagram como ponte que une os jovens e o conhecimento de fatos, pesquisas e descobertas  sobre a História do Brasil. 

A equipe fez a opção de iniciar o projeto focando no período que vai de antes da descoberta do Brasil até a América Portuguesa e o Império, como forma de contextualizar melhor os temas para os alunos, coletando conteúdos e os compartilhando de maneira didática e acessível, a fim de costurar os novos aprendizados ao conhecimento da História que as pessoas já possuem. Assim, colaboram para exercitar um olhar mais curioso e crítico dos jovens com a História. 

Com o tempo, os jovens foram chegando e começando a interagir e participar das publicações da página. Com eles vieram também professores, parentes e público diverso interessado pelos temas. Ainda no início, mas com vontade de continuar, o grupo pretende continuar com o trabalho. “Imaginamos o projeto atingindo nosso público de forma direta e eficiente. Além disso, quem sabe, expandir o perfil para conseguir distribuir cartilhas e apostilas falando sobre os conteúdos que postamos, sempre utilizando os materiais acadêmicos e “peneirando” para deixar mais acessível ao público […] Nosso principal objetivo – além do conteúdo mais simples – é conseguir a aproximação dos professores por meio de entrevistas e fazer parcerias com outros grupos acadêmicos para atualizar, ao máximo, os assuntos colocados para disciplina de História, no ensino básico”, afirma Joana Rosa. 

O projeto demonstra sintonia com as demandas do momento atual, tanto no que diz respeito à aprendizagem da História, como em práticas necessárias a outros campos e relações humanas. Como o trabalho colaborativo de construção do conhecimento, diversidade de perspectivas e acessibilidade para compartilhar assuntos que importantes para a sociedade.  

Para acessar o perfil do ‘Explorando outros 1500’ clique no link – https://www.instagram.com/explorandoutros1500/. Lá é possível acessar todas as postagens sobre História do Brasil e entrar em contato com os administradores. 

print
Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.