Estudante do curso de Publicidade e Propaganda da Unicap realiza visita a Mauricio de Sousa Produções, em São Paulo

O estudante do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Católica de Pernambuco, Rodrigo Paiva, realizou uma visita a Mauricio de Sousa Produções, em São Paulo. Para Rodrigo, sempre foi um sonho como leitor e fã da Turma da Mônica de Maurício de Souza conhecer o seu estúdio. Quando ele soube que o estúdio estava aberto para visitações não pensou duas vezes. “Hoje essa experiência transcende esse sonho, já que é também um aprendizado profissional. Lá é como se fosse a agência mais colorida do mundo, com uma rica área de comunicação e produção cultural que, não sem motivo, domina o mercado infantil no Brasil”, contou o estudante.

Rodrigo, que está no 8ª período do curso, tem como tema da monografia A história de Pantera Negra – a relevância social e comercial da representatividade étnica na atual indústria cinematográfica e na sua publicidade. Ele conta que a visita ao estúdio também contribuiu para o capítulo 4.1 do seu trabalho de conclusão de curso (TCC), que se refere à presença negra nas histórias em quadrinhos.

“No meu projeto de conclusão de curso, que se encontra em produção, disserto sobre a relevância da representatividade negra na produção cultural contemporânea, utilizando o filme “Pantera Negra” como objeto de estudo. Orientado pelo professor Leonardo Falcão, abordo como um dos temas mais legais uma pesquisa sobre a representatividade negra nas histórias em quadrinhos, o que inclui personagens como Pelezinho e Jeremias, de Mauricio de Sousa. Na visitação eu pude me encontrar com o autor e ídolo, além de conversar diretamente com o roteirista Flávio Teixeira, um dos mais conceituados do estúdio, sobre a minha monografia. Pude compreender com mais detalhes sobre a construção gráfica do personagem Pelezinho, tal como suas mudanças estéticas ao longo das décadas de trabalho do estúdio. Fiz questão de referenciar a experiência no projeto”, relatou Rodrigo Paiva que ganhou o Expocom na categoria de Games com o trabalho “Cobaia”, durante o  41º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Intercom 2018.

 

print
Compartilhe:

Deixe um comentário