Boletim Unicap

Dia internacional contra a homofobia ganha Sarau da Diversidade na Unicap

O dia 17 de maio é reconhecido internacionalmente como dia de luta contra a homofobia. Esta data é de extrema importância para dar visibilidade às discussões que cercam o cotidiano da população LGBT. O Brasil ocupa a triste posição de campeão mundial de crimes contra as minorias sexuais. O ano de 2016 foi o mais violento desde 1970 contra as pessoas LGBTs. Entre janeiro e dezembro do ano passado, foram mortas no país 343 pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Por este motivo, a Diretoria LGBT do  Diretório Central dos Estudantes da Unicap realizou, nesta quarta-feira, no Jardim da Universidade, o Sarau da Diversidade, que reuniu um grande público interno e externo.

O evento contou com a participação de vários artesãos e pequenos empreendedores, que comercializaram adereços, roupas, doces, salgados, livros, além de representantes de órgãos governamentais e não-governamentais que compartilharam conhecimento e informação. Um dos presentes foi um dos coordenadores de um grupo da ONG Gestos, Jair Brandão, que comentou sobre o seu trabalho: “Nosso trabalho é voltado para a questão dos direitos humanos e a prevenção do HIV. Atualmente, começamos um projeto, no qual disponibilizamos assessoria jurídica para pessoas LGBT e também temos um grupo de ativistas formados por 26 LGBT’s, por meio do qual a gente procura inseri-los em um movimento social”.

A psicóloga Patrícia Amaral, uma das participantes do grupo, falou sobre as experiências significativas que tem tido.  “Tem acrescentado muito na minha vida profissional e pessoal, muito especificamente na questão da militância, além da questão dos direitos mesmo dos homossexuais”.

O evento contou ainda com várias outras atividades, como rodas de diálogo, apresentações culturais e um trailer da Secretaria de Saúde do Estado, onde foram realizados exames de sifílis e HIV.

print
Compartilhe:

Deixe uma resposta