Curso de Jornalismo no Intercom Nordeste

Com informações da coordenação do curso

Fotos: divulgação

O resultado de uma política de incentivo à produção acadêmica e à reflexão sobre os trabalhos desenvolvidos nas disciplinas faz com que, mais uma vez, o curso de Jornalismo da Católica tenha uma produção significativa sendo apresentada no Intercom Nordeste 2018. Este ano são 14 artigos na programação do Intercom Júnior e 12 produções laboratoriais inclusas na Mostra Competitiva Expocom. O XX Congresso de Ciências da Comunicação da Região Nordeste é o principal evento de comunicação da região e acontece entre os dias 5 e 7 de julho próximo na Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Iniciativa da Sociedade Brasileira de Ciências da Comunicação – Intercom – tem como tema “Desigualdades, Gênero e Comunicação”.

O professor Dario Brito, de Jornalismo, orientador no Programa de Iniciação Científica da Católica (Pibic), analisa a participação dos bolsistas e voluntários do programa, estudantes do curso. “É muito gratificante termos um resultado como este. Os alunos passam o ano se dedicando às pesquisas, levantando dados, fazendo revisão de literatura e produzindo a cada encontro do Grupo de Pesquisa. O saldo esperado é justamente este: ter a sua pesquisa atravessando fronteiras e sendo apresentada no maior congresso da área na nossa Região”. E comemora: “É, além de um reconhecimento da qualidade dos artigos, também uma oportunidade de vermos a repercussão do que eles estão fazendo quando os trabalhos a serem apresentados entrarem em debate”.

Ana Flávia Barros, estudante do 6º período do curso de Jornalismo e bolsista do Pibic, conta sobre sua participação. “Meu pai e meu irmão sempre me incentivaram a participar de algum grupo de Iniciação Científica. Após ir para o Intercom em Caruaru, em 2016, fiquei mais entusiasmada em participar de algum grupo. Em 2017 soube do projeto de pesquisa que visava estudar os sentidos compartilhados da inovação no Porto Digital, dentro do grupo Mídia e Cultura Contemporânea”. Foi a partir daí que a estudante participou da seleção e foi aprovada. “Tive ótimas experiências ao lado de todo o grupo e dos orientadores – Carol Monteiro, Dario Brito e Jarbas Agra. Fiquei muito feliz quando soube da aprovação do meu artigo que trata sobre a In Loco Media e o uso da geolocalização indoor para o marketing de publicidade, que construí ao lado de Álvaro Vilarim e dos orientadores. A experiência foi massa desde o início e estou muito feliz! Já renovei o Pibic e espero que ano que vem os resultados também sejam positivos”, celebra.

Mestrado – A aluna do Mestrado em Indústrias Criativas, Kety Marinho, vai apresentar o artigo “Memória Móvel: Arquivos Fotográficos na Era Digital”, na Divisão Temática Comunicação Multimídia. O trabalho traz parte da sua pesquisa sobre produção de conteúdos em aplicativos móveis.

Expocom – A professora Stella Maris Saldanha, que orientou a videoreportagem “Mulheres na ditadura: a história de Amparo Araújo e Deuzuite da Costa”, de El Hana Filipides, Cláudio Silva e Gabriela Passos, do 4º período do curso, diz que o material não é um trabalho universitário qualquer. “Supera, e muito, as expectativas de qualquer professor atento à apropriação de conteúdos, técnicos e formais, fornecidos em sala de aula”. Para Stella, esses alunos foram mais longe. “Entenderam-se, jornalistas que serão brevemente, como narradores do seu próprio tempo. E o presente é também um tempo histórico. Não existe descolado da memória pessoal e coletiva”. Stella observa que tanto El Hana, Cláudio e Gabriela entenderam isso e chegaram lá, bem onde estão as feridas de uma geração que não é a deles, mas, feridas essas, que ditam a perplexidade do agora. “O que sinto como orientadora que fui desse trio? Um orgulho danado”, destaca.

El Hana explica que o objetivo do trabalho foi valorizar a memória de duas mulheres que militaram durante o período da ditadura, cujo passado ecoa ainda no presente. “Como aluno líder,  me sinto muito realizado por ser a primeira vez que submeto um trabalho para a Expocom, ainda mais sendo esse que foi tão especial para todos nós. As expectativas são as maiores, porque a nossa reportagem abre um debate super importante sobre a Ditadura, tema que deve ser discutido principalmente nos dias de hoje”. Sobre a viagem a Juazeiro, diz: “ Eu e Gabi estamos muito ansiosos para defender o trabalho e estamos na torcida para que a gente consiga chegar na fase nacional e, quem sabe, ganhar né?”

 

Intercom Jr

Revistas Culturais: um mapeamento de perfis de conteúdo e design. Aluna líder: Ana Sofia Lucchesi. Orientação: Carla Teixeira

Aplicativos de notícias e a interface da informação. Aluna líder: Débora Oliveira. Orientação: Carla Teixeira

Pernambuco Cultural: Convergindo a cultura pernambucana. Grupo: Gustavo Tiné, Juliane Marinho e Tainá Milena. Orientação: Luiz Carlos Pinto

Interferência das definições das indústrias criativas para o mercado criativo de Pernambuco. Aluna: Maria Lua Ribeiro. Orientação: Alfredo Sotero

A Cultura Digital e o Fã-Ativismo: um estudo de caso dos fã-sites Oh Sehun Brazil e 5SOS Brasil. Grupo: Isadora Crespo, Luiza Fruet e Sylvia Pinho. Orientador: Alfredo Sotero

A inovação disruptiva nas empresas do Porto Digital. Alunos: Guilherme Mendes e Maria Eduarda Andrade. Orientação: Carol Monteiro.

A In Loco Media e o uso da geolocalização indoor para o marketing de publicidade. Aluna: Ana Flávia Barros. Orientação: Carol Monteiro, Dario Brito e Jarbas Agra

Inovação através dos artefatos do PortoMídia: um estudo sobre o aplicativo Mete a Colher. Aluna: Sylvia Pinho. Orientação: Jarbas Agra

Das indústrias criativas às cidades inteligentes: uma revisão conceitual. Aluna: Jessica Ibrahim. Orientação: Juliano Domingues

O discurso nes������: uma análise das violações de direitos humanos a partir do programa Vitória em Cristo, de Silas Malafaia. Aluna: Rayane Marinho (artigo fruto do TCC). Orientação: Lula Pinto

Interferência das definições das indústrias criativas para o mercado criativo de Pernambuco. Aluna: Maria Lua Ribeiro. Orientação: Alfredo Sotero

Uso da literatura de cordel na sala de aula: uma prática educomunicativa. Grupo: Matheus Rocha, Eber Felipe, Matheus Raposo. Orientação: Alfredo Sotero

Contribuições do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação e das produções audiovisuais locais para a indústria criativa do Recife e a consolidação do Porto Digital: um resgate histórico. Aluna: Maria Júlia Queiroga. Orientação: Aline Grego

A hélice tríplice como fomento às indústrias criativas em Pernambuco: o caso Porto Digital/Portomídia. Aluna: Maria Eduarda Andrade. Orientação: Juliano Domingues

 

DT Comunicação Multimídia

Memória Móvel: Arquivos Fotográficos na Era Digital. Autora: Kety Marinho. Orientação: Aline Grego.

 

Produtos laboratoriais na mostra competitiva Expocom

Produção laboratorial em audiojornalismo e radiojornalismo (avulso, conjunto/série): A Cor da Pele a Força da Alma: Um Olhar da Mulher negra em Pernambuco. Aluno Líder: Weslley Oliveira. Orientação: Vlaudimir Salvador

Produção laboratorial em videojornalismo e telejornalismo (avulso, conjunto/série): Mulheres na ditadura: a história de Amparo Araújo e Deuzuite da Costa. Aluno líder: El Hana Filipides Moreira Filho. Orientação: Stella Maris Saldanha

Reportagem em Telejornalismo (avulso): Carolinas. Aluna líder: Sofia Luchesi. Orientação: Filipe Falcão

Vinheta: Salve Todas: Mulheres e Rimas do Grande Recife. Aluna líder: Ingrid Cavalcanti Orientação: Carla Teixeira

Design Gráfico: Revista Streaming Things. Aluna líder: Luiza Clara Fruet. Orientação: Carla Teixeira

Produção multimídia (avulso): O Canto do Cinema. Aluno líder: Lucas Rigaud. Orientação: Dario Brito

Revista customizada: Febre. Aluno líder: Pedro Gallindo. Orientação: Dario Brito

Comunicação e Inovação (avulso): SAR – Rede Social de Viagens. Aluna líder: Rebeca Cavalcanti. Orientação: Carla Teixeira

Programa laboratorial de áudio (avulso ou seriado): Rádio na Real – educação para os direitos humanos nas ondas da web. Aluna líder – Laís Arcanjo. Orientação: Andrea Trigueiro

Ficção em áudio e rádio – audiodramatização, peça radiofônica, radionovela e afins (avulso ou seriado): Radionovela: Meu malvado Zica vírus. Aluna líder – Karlla Nascimento. Orientação: Andrea Trigueiro

Blog (avulso): Em fluxo: quando a arte cura. Aluna líder: Ana Luiza Yoneda. Orientação: Carla Teixeira

Website (avulso): Salve Todas: Mulheres e Rimas do Grande Recife. Aluna líder: Nathalia Pereira. Orientação: Carla Teixeira

print

Compartilhe:

Deixe um comentário